Palmeiras e Atlético Mineiro empatam sem gols no jogo de ida da semifinal da Libertadores

Agora, os dois times decidem a vaga na final na próxima terça-feira

0

Palmeiras e Atlético Mineiro ficaram no empate por 0 a 0 na noite desta terça-feira (21), no estádio Allianz Parque, em São Paulo, no jogo de ida das semifinais da Copa Libertadores da América.

Com esse resultado, um novo 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis e empate com gols favorece o time paulista.

Agora, as duas equipes voltam a se enfrentar na outra terça-feira (28), a partir das 21h30, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

Antes, no entanto, as duas equipes terão confrontos pelo Campeonato Brasileiro no final de semana.

Isso porque no sábado (25), o Verdão, comandado pelo técnico português Abel Ferreira, visita o arquirrival Corinthians, a partir das 19h, na Neo Química Arena, em São Paulo.

Enquanto isso, no mesmo dia, a partir das 21h, o Atlético Mineiro visita o São Paulo, no estádio do Morumbi, em São Paulo.

O jogo

O Atlético Mineiro começou o jogo valorizando a posse de bola e, assim, não deixava o Palmeiras pressionar como gostaria.

Melhor no começo jogo, o Galo já chegou com perigo aos 13min, quando Guilherme Arana avançou livre pela esquerda e bateu cruzado, para fora, assustando.

Nos primeiros 20min, o Palmeiras simplesmente não ameaçava e apenas depois disso começou a atuar com mais velocidade.

Assim, a primeira chegada do Verdão veio aos 23min, com Ronny, que mandou à esquerda de Everson, sem muito perigo.

No entanto, de um modo geral, o jogo estava muito pegado, com poucas chances de gol e muito respeito dos dois lados.

Mas, aos 40min, em uma boa jogada dentro da área, Diego Costa foi derrubado por Gustavo Gomez: pênalti para o Galo.

Porém, Hulk foi para a cobrança e mandou na trave esquerda, rasteiro, desperdiçando a grande chance.

Com isso, o primeiro tempo terminou empatado sem gols.

Segundo tempo

Depois do intervalo, Hulk já teve uma boa chance logo aos 2min, quando arriscou chute de fora da área e mandou por cima do gol.

Aliás, o time mineiro teve um início de segundo tempo melhor, pressionando a saída de bola do Palmeiras.

Em seguida, Diego Costa sentiu uma lesão muscular, foi substituído por Keno e o Atlético viu o Palmeiras melhorar em campo.

Ainda assim, a partida estava equilibrada e com poucas oportunidades de gol. Parecia um jogo de xadrez.

Desta forma, uma outra chance de gol só veio aos 36min, em bola parada, para o Galo, quando Hulk mandou uma bomba de longe e a bola passou à direita de Weverton.

Leia também: CRB vence o Brasil de Pelotas fora de casa e se mantém firme no G-4 da Série B

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.