Palmeiras de Abel Ferreira faz mais uma vítima

Alviverde seguirá na disputada da Copa do Brasil.

0

Depois de uma quarta-feira (11) agitada nos bastidores do Palmeiras, com a convocação do volante Danilo e a não convocação de Raphael Veiga, o Verdão entrou em campo pela Copa do Brasil. Jogando em Londrina, a torcida alviverde lotou o Estádio do Café e viu seu time vencer mais um adversário na temporada.

Diante da Juazeirense, o Palmeiras novamente não fez uma partida brilhante, mas venceu por 2 a 1 e se classificou para as oitavas de final da Copa do Brasil. Com gols de Danilo e de Raphael Veiga, o Verdão voltou fazer 2 a 1 na equipe baiana, assim como já havia feito no jogo de ida, disputado na Arena Barueri.

Vale lembrar que, mesmo com o gol marcado, a atuação de Danilo passou longe de ser aquilo que o torcedor está acostumado. O volante errou alguns passes fáceis e demonstrou um certo nervosismo. Entretanto, sua convocação é extremamente justa e merecida pelos últimos dois anos pelo Verdão.

Palmeiras
Raphael Veiga converteu seu 25° pênalti pelo Verdão. Foto: Cesar Greco.

Veiga é o grande craque do Palmeiras

Embora o torcedor esteja bastante contente com a convocação de Danilo, mais uma não convocação de Raphael Veiga voltou a decepcionar o jogador. Vindo de pelo menos duas temporadas fantásticas, o camisa 23 do Palmeiras nunca teve sequer uma oportunidade com a amarelinha, o que mais surpreende.

Já na reta final da preparação para a Copa do Mundo, fica cada vez mais claro que o técnico da Seleção Brasileira não conta com o jogador do Palmeiras para esse ciclo. Philippe Coutinho e Lucas Paquetá parecem já serem nomes certos na próxima Copa. Enquanto isso, Veiga continuará fazendo a diferença pelo Palmeiras.

Até por isso, Abel Ferreira destacou a importância de seu camisa 23 na entrevista coletiva, valorizando seus números e pedindo para que a diretoria não o negocie. Vale lembrar que Raphael Veiga possui 59 gols com a camisa do Palmeiras. Além disso, se tornou recentemente o maior artilheiro do clube na história da Libertadores, com 14 gols.

Agora, Veiga seguirá focado no Palmeiras em busca de mais títulos, no caminho para se tornar um dos grandes ídolos de todos os tempos do clube.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.