Palmeira encara a Universidad Católica e precisa de um empate. Veja onde assistir

Verdão venceu o jogo de ida das oitavas da Libertadores por 1 a 0, no Chile

0

O Palmeiras recebe a Universidad Católica na noite desta quarta-feira (21), a partir das 19h15, no Allianz Parque, em São Paulo, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores da América.

Para esta partida, a transmissão ao vivo será pelo canal de streaming da Conmebol TV.

Agora, o Verdão, comandado pelo técnico português Abel Ferreira, tem a vantagem do empate, pois venceu o jogo de ida no Chile por 1 a 0, na semana passada.

Porém, se perder pelo mesmo placar, a vaga será decidida nos pênaltis. E, se perder por um gol, mas levando ao menos dois, estará eliminado por causa do gol qualificado.

Desta maneira, embora a vantagem seja boa, o time brasileiro sabe que não pode baixar a guarda, ainda mais em um torneio continental desse gênero.

Inclusive, no último final de semana, o Verdão poupou vários titulares pelo Campeonato Brasileiro.

Ainda assim, venceu o Atlético Goianiense por 3 a 0 fora de casa no domingo (18), no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, mantendo a liderança do Brasileirão.

Agora, o atual campeão da Copa Libertadores quer continuar na briga por mais um caneco e chegar a três títulos na história da competição.

Para isso, porém, não pode dar bobeira e precisa impor o seu ritmo de jogo desde o início.

Por sua vez, o atual campeão chileno sabe que as chances são reduzidas, pois já teve dificuldades no jogo de ida, em casa.

Agora, a estratégia será se fechar e tentar surpreender o Palmeiras nos contra-ataques, buscando o gol.

Os times

Para o jogo de logo mais, o Verdão vai a campo com Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Kuscevic e Viña; Danilo, Zé Rafael, Gustavo Scarpa e Raphael Veiga; Breno Lopes (Rony) e Deyverson.

Por sua vez, o time chileno deve começar a partida como Pérez; Rebolledo, Lanaro, Huerta e Parot; Saavedra, Gutiérrez, Leiva, Tapia e Valencia; Zampedri.

Leia também: Claudinho vive ansiedade pela estreia da Seleção Brasileira nas Olimpíadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.