Pabllo Vittar é processada em R$1 milhão por suposto plágio

A canção disputada é a 'Ama, Sofre, Chora' do álbum 'Batidão Tropical' de 2021

0

Pabllo Vittar é alvo de um processo de R$1 milhão por ter, supostamente, plagiado a canção ‘Ama, Sofre, Chora’, um de seus maiores hits do álbum ‘Batidão Tropical’ de 2021. O compositor Herlomm Diosly dos Reis Silva entrou com uma ação por danos morais e materiais alegando que o hit foi baseado em sua canção ‘Amar, Sofrer, Chorar’.

Deolane Bezerra estará em ‘A Fazenda 14’, afirma colunista

De acordo com a exclusiva do colunista Fábia Oliveira, nesta quarta-feira (3), a ação corre na 43ª Vara Cível da Comarca de São Paulo e, além de Pabllo, os compositores Arthur Pampolin Gomes, Arthur Simões Magno Marques, Guilherme Santos Pereira, Pablo Luiz Bispo e Rodrigo Pereira Vilela dos Santos também são citados na petição.

Herlomm apontou, no processo, que registrou a canção ‘Amar, Sofrer, Chorar’ no dia 13 de junho de 2019 em uma plataforma denominada “musicasregistradas.com” e, um ano depois, no Youtube. Na ação ele afirmou que ao ouvir a canção de Pabllo identificou “trechos com o mesmo sentido da composição original, de sua autoria, não só no título e melodia, estes praticamente idênticos, como também, no sentido literário, pois ambas falam de amor não correspondido, onde uma pessoa ama outra que a ignora”.

O compositor pede ainda que a Justiça determine que ele receba os royalties da canção em cima de shows, programas e reproduções de streaming. Em nota, a assessoria de Pabllo negou as acusações: “Pabllo Vittar não cometeu nenhum tipo de violação a direito autoral e não compactua com a apropriação indevida de qualquer espécie de propriedade intelectual. Trata-se de evidente acusação leviana, sem qualquer fundamento, a qual será devidamente contestada no momento oportuno”.

Poliana Rocha já se envolveu em ‘mini-polêmica’ com Pabllo

Poliana Rocha, mãe de Zé Felipe, se retratou nas redes sociais, em 3 de julho deste ano, após alfinetar Pabllo Vittar e afirmar que ela estava com inveja do filho. Tudo começou quando a cantora lamentou a censura da música ‘Bandida’ e questionou por que o mesmo não ocorreu com Zé, cujo hit mais recente se chama ‘Bandido’.

No stories do Instagram, ao ser indagada sobre a situação com Pabllo, Poliana respondeu: “Por admiração ou por inveja, alguém sempre terá algo a dizer sobre você. Em qualquer dos casos, continue fazendo seus planos acontecerem enquanto eles falam”.

Após a repercussão de sua fala nas redes sociais, a esposa de Leonardo pediu perdão: “Eu estou com o coração super angustiado, por isso estou passando aqui. Eu acabei respondendo uma pergunta e acho que faltou muita interpretação de texto da minha parte. Estou aqui humildemente para pedir desculpas. Quero falar que minha intenção jamais é ofender ninguém. Ainda mais alguém que eu gosto como a Pabllo Vittar. Eu curto suas músícas, seu jeito de ser e quem realmente você é”.

“Todos nós somos passíveis de erros. Enquanto estamos em constante evolução e aprendizado. Então, quem se sentiu ofendido com a minha respostas, vocês me desculpem. Mas a minha intenção não foi essa”, finalizou.

 

Veja também: Namorado de Ana Maria Braga teria traído ex-companheira com a apresentadora, afirma colunista

5/5 - (1 vote)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.