Operário perde em casa para a Ponte Preta pela Série B

Com o resultado, Macaca abre vantagem para a zona de rebaixamento

0

O Operário de Ponta Grossa perdeu em casa por 2 a 1 para a Ponte Preta na noite desta quarta-feira (22), no estádio Germano Kruger, no interior paranaense, pela continuidade da 25ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com esse resultado, o time da casa, comandado pelo técnico Matheus Costa, segue estagnado no meio de tabela, com 34 pontos.

Por sua vez, o time paulista, sob comando do treinador Gilson Kleina, foi a 29 e abriu quatro pontos de vantagem para a zona de rebaixamento.

Agora, na próxima rodada, o Fantasma volta a jogar no sábado (25), quando visita o Confiança, no estádio Batistão, a partir das 17h.

Enquanto isso, a Ponte Preta volta a jogar no domingo (26), quando recebe o lanterna Brasil de Pelotas, a partir das 18h15, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

O jogo

Os primeiros minutos foram de maior domínio do time do Operário, mas sem conseguir criar oportunidades claras de gol.

No entanto, a primeira grande chance foi do time paulista, aos 9min, quando Moisés finalizou e o goleiro Simão fez uma grande defesa.

Melhor em campo, o time visitante abriu o placar aos 21min com um golaço de André Luiz, que mandou uma bomba de fora da área e acertou o ângulo: 1 a 0.

Dois minutos depois, o Operário quase empatou com Djalma, que mandou uma bomba bem perto do gol.

Em seguida, aos 26min, Paulo Sérgio cobrou falta na trave e, no rebote, Marcelo deixou tudo igual: 1 a 1.

Porém, antes do intervalo, a Ponte Preta chegou ao segundo com Rodrigão, que aproveitou bela jogada de Moisés para concluir ao gol: 2 a 1.

Segundo tempo

Na etapa final, a Ponte Preta quase ampliou logo aos 3min, com Richard, que recebeu cobrança de lateral e ficou cara a cara com Simão, que fez grande defesa.

Logo depois, aos 5min, o Operário respondeu com Thomaz, que mandou um chute no ângulo e Ivan espalmou.

Com isso, o time da casa foi aumentando a pressão, mas perdia muitos gols.

Mais tarde, aos 27min, a Ponte Preta teve o volante André Luiz expulso por segundo cartão amarelo.

No entanto, o Operário não conseguiu pressionar o suficiente para empatar. E, aos 44min, Fábio Sanchez ainda foi expulso também, deixando a Ponte com dois a menos.

Assim, nos acréscimos, o time da casa ainda perdeu grandes oportunidades.

Leia também: São Paulo fica no empate sem gols com o América-MG em jogo atrasado da 19ª rodada

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.