Operação na Bahia termina com cinco mortos e mais de 70 presos

De acordo com a PM, as mortes aconteceram durante trocas de tiros em que os policiais precisaram revidar aos ataques dos criminosos

0

Uma operação deflagrada pela Polícia Militar (PM) culminou em cinco mortes e 77 pessoas presas. De acordo com a entidade, em coletiva de impressa nesta sexta-feira (14), a ação aconteceu na quinta, em Salvador, na Bahia. Além dos presos e mortos, os agentes apreenderam armas, drogas e 15 adolescentes.

De acordo com a PM, as três primeiras mortes aconteceram após uma denúncia de que um grupo traficava drogas em um bairro da capital. Ao chegarem no local, os agentes encontraram os suspeitos e foram recebidos com tiros por eles.

Após uma troca de tiros, os agentes da PM afirmam terem encontrado três suspeitos caídos no chão. “O trio estava com armas em punho. Eles foram levados ao Hospital Geral Ernesto Simões Filho (HGESF), mas não resistiram aos ferimentos e morreram”, detalhou a corporação.

Já as outros duas mortes aconteceram em outra região de Salvador, onde, assim como na primeira, os agentes foram recebidos com tiros, revidaram e os suspeitos morreram. “Os homens foram socorridos para o HGESF, mas também não resistiram aos ferimentos e morreram”, informou.

De acordo com a corporação, armas também foram apreendidas com eles e ambos os casos foram registrados na Corregedoria da PM e serão acompanhados pelo órgão. Das 60 das 77 mortes foram em flagrantes, enquanto o restante foi por conta do cumprimento de mandados de prisão que estavam em aberto.

“Ao todo, a ação abordou mais de 63 mil pessoas e apreendeu 37 armas. Mais de 120 pessoas foram levadas às delegacias para prestar depoimento. A operação também autuou 1.340 veículos e apreendeu outros 322”, detalhou.

Por fim, a corporação revelou que a operação que culminou nos números relatados ao longo da matéria fazem parte de um intensificação do policiamento nos 417 municípios baianos desde a quinta por meio da operação intitulada Força Total.

“O objetivo é aumentar a segurança no estado. Além dos policiais que atuam diariamente nos municípios, outros cinco mil foram chamados para participar das ações”, finalizou a Polícia Militar.

Leia também: Polícia deflagra operação contra quadrilha que falsificava documentos para venda de imóveis no Rio

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.