Óleo de Melaleuca: Para que serve, Benefícios e Como usar

0

O óleo de melaleuca é um poderoso antisséptico e antimicótico, não irritante para a pele e membranas mucosas. Pode-se usar sem risco para tratar todas as infecções virais, bacterianas, fúngicas e parasitas como piolhos, micose, escabiose, inclusive em crianças a partir de 3 anos de idade.

É um ótimo remédio para infecções fúngicas dos pés: 1 gota pura nas unhas afetadas, ou diluído em creme antimicótico ou óleo vegetal de caroço de damasco para aplicar-se entre os dedos dos pés, todas as noites, por 1 semana a 15 dias.

óleo de Melaleuca

Benefícios do óleo de melaleuca

As feridas são doenças bucais frequentemente muito dolorosas e, em alguns casos, seu médico pode detectar uma origem viral, como herpes ou fungos. Aplicar o óleo essencial da árvore do chá pode ajudar a aliviar o desconforto e acelerar a cura, combatendo o vírus.

O óleo de melaleuca tem propriedades antibióticas e antivirais interessantes no caso de dor de garganta que pode causar tosse.

As verrugas, sejam planas (comuns em crianças e adolescentes), comuns (salientes) ou plantares, se podem tratar com o óleo de melaleuca, também em crianças maiores de 3 anos e mulheres grávidas ou amamentando.

Outras indicações

  • Anti-piolhos: pediculicida em adultos e parcialmente em ovos. Dois pequenos estudos indicam que o óleo essencial da árvore do chá sozinho ou em combinação com lavanda parece ser tão ou mais ativo do que os tratamentos convencionais para prevenir ou tratar piolhos em humanos. Dados in vitro confirmam sua ação inseticida contra Pediculus humanus capitis, o nome científico do famoso piolho de cabeça.
  • Anti-helmíntica: em haemonchocus contortus (verme intestinal), dados in vivo em gerbils
  • Anti-molusco: associado ao iodo orgânico (tipo betadine dérmico), o óleo de melaleuca reduziu significativamente as lesões causadas por este vírus tão contagioso, mas felizmente benigno.

Essas informações foram úteis? Então, compartilhe conosco a sua opinião!

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.