Obesidade pode ocasionar doença renal

0

A obesidade tornou-se uma epidemia mundial, e foi projetado que sua prevalência irá crescer em 40% na próxima década. Esta crescente prevalência tem implicações para com o risco de diabetes, doenças cardiovasculares e também para a doença renal crônica. De acordo com estudo publicado no Journal of The American Society of Nephrology, realizado por pesquisadores da Universidade de Oxford, na Inglaterra, indivíduos com obesidade têm maior risco de desenvolver doença renal.

Nesse sentido, a pesquisa indica ainda que não apenas a gordura abdominal atrapalha a função dos rins, mas o tecido gorduroso distribuído pelo corpo como um todo.

O que acontece para o surgimento da doença renal?

Um índice de massa corporal elevado é um dos mais fortes fatores de risco para o desenvolvimento de doença renal crônica. Em indivíduos afetados pela obesidade ocorre uma hiperfiltração compensatória, para atender às elevadas exigências metabólicas do aumento de peso corporal. O aumento da pressão intraglomerular pode prejudicar os rins e aumentar o risco do desenvolvimento de doença renal crônica a longo prazo.

Quando é obesidade?

No Brasil, estima-se que 50% da população adulta tem algum grau de excesso de peso e 18 milhões são obesos. Considera-se uma pessoa obesa quando seu Índice de Massa Corporal (IMC) está acima de 30.

Como evitar a obesidade e não prejudicar os rins?

Assim, diminuir a massa gorda seria uma estratégia importante para prevenir os problemas que aparecem no consultório dos nefrologistas.

Em nome da prevenção, pesquisadores ressaltam que, além de buscar um peso mais saudável, pessoas com obesidade deveriam diminuir o sal e consumir mais água em seu dia a dia.

Nesse sentido, o tratamento da obesidade não é simples. Ou seja, demanda acompanhamento constante de uma equipe multidisciplinar e muito empenho por parte do paciente. E você, cuida da sua saúde?

Por fim, veja mais sobre obesidade aqui.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.