Diferenças entre química orgânica e química inorgânica

0

O ramo das ciências que cuida e estuda a química orgânica e química inorgânica, é responsável por avaliar todos os fenômenos, as estruturas e as composições da matéria, de modo a identificar com propriedades, a transformação que elementos passam através de reações químicas.

Ao passo que os estudos são feitos através das reações e a relação com a energia, trata-se de uma ciência exata e experimental. Já que o que comprova são experimentos que explicam processos, de acordo com os resultados que são apresentados.

Se até aqui tudo está muito confuso, continue lendo para entender melhor as principais diferenças entre as duas: a química orgânica e a química inorgânica.

Leia mais: Exercícios sobre química orgânica e funções – confira lista

Os estudos da química

A química faz parte das construções de inúmeros conceitos criados por diversos cientistas ao longo de toda a história. Com isso, Lavoisier, elaborou um conceito sobre a conservação das massas, enquanto que Dalton, criou o primeiro modelo atômico que conhecemos atualmente.

Além disso, muitas proposições foram feitas pelo cientista Boyle, que também alavancou os estudos dessa matéria durante muitos anos. Tendo em vista tudo isso, é possível compreender, o quanto é complexo, o estudo de química orgânica e química inorgânica e assim fica difícil se aprofundar no assunto. Para explicar de uma maneira mais didática, é preciso levar em consideração cada um dos estudos em separado. Veja abaixo.

Química orgânica

A química orgânica se trata do estudo sugerido por Torbern Olof Bergman, um sueco, que tinha como objeto de estudo separar essas duas características da matéria. Então, ele se dedicou a estudar um dos ramos da química, com compostos que eram extraídos dos organismos vivos.

Sendo assim, a química orgânica pode ser entendida como parte do estudo que leva em consideração o conhecimento em sua base de átomos de carbono. Em outras palavras, são os átomos que designam todos os organismos vivos, como o nitrogênio, o hidrogênio e o oxigênio, por exemplo.

Química inorgânica

Já a química inorgânica tem como objeto de estudo, cerca de 95% das substâncias que existem no planeta. O que se entende por química inorgânica é tudo que não possui átomos de carbono de forma organizada e formada em cadeia.

Essa é uma maneira de separar os estudos por elementos das substâncias químicas e as que são naturais. Ao analisar as propriedades e estruturas, é possível ver reações e transformações. Sendo assim, a química inorgânica é bastante ampla, formando quatro grupos que são, os ácidos, as bases, os óxidos e os sais.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.