O que fazer com o comportamento de birra?

0

Uma criança ainda não apresenta o seu repertório comportamental bem estruturado. Por isso, chorar, gritar, bater são reações naturais, são por meio delas que os pequenos expressam os seus sentimentos, uma vez que estão aprenderam a usar a linguagem como meio para se comunicarem.

A grande questão é que a maioria do adultos procura calar a “birra” da criança imediatamente, suscitando-a ainda mais. Enquanto que, na verdade, é necessário acolher as reações emocionais ocasionadas pela birra.

Como acabar com a birra?

Gestos e diálogos breves são primordiais nessas situações. A ideia não é impedir as frustrações e superproteger a criança, mas ajudá-la a compreender e a lidar com esses momentos que são naturais na infância!

“Eu sei que você está triste, pois quer brincar, mas agora é hora de tomar banho ficarei aqui até você conseguir se acalmar!”

“Você está bravo, porque está cansado, o que você acha de deitar um pouquinho?”

“Você está chateado, porque não quer emprestar seu  brinquedo, o que acha de procurarmos outro?”

Por que a ajuda de um adulto é importante

É imprescindível a ajuda de um adulto aos pequenos para:

  • Nomear
  • Orientar
  • Traçar uma solução para aquele “problema” que a criança enfrenta, que, para ela, é realmente muito grande tendo em vista que gera desregulação emocional.

Identificar as emoções é uma excelente estratégia para o desenvolvimento da inteligência emocional!

Gostou do artigo? Deixe o seu comentário.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.