O que é hipertermia e quais os sintomas?

0
Você sabe o que é hipertermia? Popularmente conhecida como insolação, trata-se da elevação da temperatura corporal em 40 graus. A princípio, isso acontece quando o nosso corpo fica bastante tempo em ambientes muitos quentes, esforço físico em excesso, desprotegidos do sol e desidratação.

Sintomas da hipertermia⠀

Os principais sintomas são náuseas, dor de cabeça, sudorese intensa, tontura e confusão mental. Se identificar algum desses sintomas, leve a pessoa para um local mais fresco e ventilado, ofereça água somente se a pessoa estiver consciente e busque por ajuda médica. A exemplo, algumas das complicações envolvendo cérebro e sistema nervoso são: agitação psicomotora, fala arrastada, irritabilidade, delírio, convulsões, encefalopatia e até coma.

Tipos

Costuma-se dividir a hipertermia em três formas básicas: a clássica, a induzida por esforço físico, e a maligna.
A clássica é desencadeada pela exposição prolongada ao calor excessivo e acomete, principalmente, crianças e pessoas idosas. Na hipertermia induzida por esforço físico, temos o aumento da temperatura interna devido à atividade prolongada da musculatura.
Por fim, a maligna é uma síndrome de origem farmacogenética potencialmente letal. Então, se manifesta em indivíduos predispostos quando submetidos a anestésicos inalatórios halogenados e/ou bloqueadores neuromusculares despolarizantes. 

Prevenção

Sobretudo, a melhor forma de evitar a hipertermia é a prevenção. Nesse sentido, ela inclui medidas simples como: evitar locais quentes e exposição prolongada ao sol, principalmente em horários entre as 10h e 16h. Além disso, usar roupas leves e claras, consumir alimentos leves e lembrar de se hidratar bem. É de suma importância a ingestão de água e alimentos ricos em água. Por exemplo, melancia e legumes frescos, evitando alimentos mais densos e pesados.

Hipertermia x febre

Vale destacar que a hipertermia e a febre são situações diferentes, uma vez que mecanismos distintos estão atuando nelas. Por isso, medicamentos de febre são ineficientes em casos de hipertermia. Nessa última situação, normalmente, utiliza-se técnicas de resfriamento mecânico do corpo.
Além dos cuidados diários que devemos ter no verão é importante manter a atenção durante a pandemia. Por isso vale usar a máscara, manter o distanciamento social e higienizar as mãos frequentemente.
Logo, veja também o que é a hipertermia em pets. Gostou do artigo? Então, deixe o seu comentário.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.