O novo instrutor do Atlético, ‘Turco’, foi vítima do ‘milagre do Horto’

0

A reunião com o Atlético está prestes a se tornar oficial. O clube e o treinador chegaram a um acordo sobre um contrato de duração de temporada. O argentino ainda não assinou o contrato para substituir Cuca, o treinador que o eliminou naquele eletrizante empate em 1×1 na segunda etapa das quartas de final de 2013, o milagre do horto!

Naquela noite, o argentino estava prestes a mandar seu lado para o próximo round, mas foi negado por San Victor, que salvou a penalidade tardia de Riascos, um atormentador que ele reencontrará em breve. Após quase 9 anos, o ‘Turco’ será o instrutor do Atlético. Na Cidade do Galo, ele voltará a ver o ex-goleiro, que agora é diretor de futebol; no Mineirão, ele terá novamente contato com os “devotos” do “santo”, desta vez, tudo em uma frase.

Veja em seguida: Flamengo marca no final e vence o Náutico por 1 a 0 na Copinha

Acordo Atlético-MG com Antonio Mohamed

O ex-técnico de Tijuana terá agora a chance de orientar o clube que foi um dos maiores vencedores do país no ano passado, ganhando o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil.

Com o consenso entre ‘El Turco’ e Atlético-MG, o anúncio está pendente apenas da assinatura do contrato profissional com o clube, o que deve acontecer.

O Milagre do Horto

O milagre do Horto

Aos 25 minutos do primeiro tempo, Duvier Riascos abriu o placar para Tijuana-MEX. O Atlético igualando, 15 minutos depois, com Réver Réver em custódia. Com um desempenho ruim, Victor estava salvando o Galo com enormes economias, até o 47º minuto do segundo tempo.

Nos últimos minutos da partida, Leonardo Silva derrubou Daniel Márquez na área e o árbitro cobrou um pênalti. Riascos carregou dentro do gol, e Victor, com seu pé, salvou o tiro, garantindo o empate e a categorização do Galo, estrelando o “Milagre do Horto”.

Veja em seguida: Cruzeiro vence o Red Bull e se classifica para a terceira fase da Copinha

O destino rápido colocará lado a lado personagens que, anos atrás, se enfrentaram em um dos episódios mais dramáticos da história atual da Copa Libertadores. Em 30 de maio de 2013, as arquibancadas do estádio Libertad irromperam em uma mistura de alegria e alívio ao testemunharem o “milagre do Horto”. Em contraste com as festividades do Atlético – que avançou para as semifinais para ganhar o torneio pela primeira vez – foi o drama de Antonio ‘Turco’ Mohamed.

Na próxima temporada, Mohamed terá o desafio de conquistar o título que escapou ao seu antecessor em 2021. O Cuca ganhou o Campeonato Mineiro, o Brasileiro e a Copa do Brasil. Agora, ligados entre si, o Atlético e o ‘Turco’ perseguirão os tão sonhados Libertadores.

Veja em seguida: Vasco vence o Joinville e avança para a terceira fase da Copa São Paulo de Juniores

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.