O nome Gods & Monsters foi mudado por questão de marca registrada pela Monster Energy

0

A Ubisoft aparentemente optou por mudar o nome do game para Immortals: Fenyx Rising em vez de entrar em longos procedimentos legais, que podem se arrastar por anos e prejudicar os negócios.

A empresa revelou recentemente seu jogo de ação e aventura Gods & Monsters sob um novo nome: Imortais: Fenyx Rising. De acordo com um relatório da VGC, o novo nome foi o resultado de uma disputa de marca registrada.

Sai fora…

Documentos de oposição de abril deste ano, disponíveis no site do United States Patent And Trademark Office, mostram que a marca de bebidas Monster Energy vetou o jogo sendo publicado sob o nome de Gods & Monsters.

No canal no YouTube do escritório de advocacia Hoeg Law, que frequentemente publica vídeos explicativos sobre questões legais na indústria do entretenimento, um vídeo sobre o caso passa pelos documentos da oposição para explicar a razão da Monster Energy em se opor ao nome.

Como Hoeg explica, devido ao próprio envolvimento da Monster na indústria de jogos, a empresa alegou que o nome e sua possível associação com a Monster Energy poderia prejudicar seus negócios.

A Ubisoft negou as alegações em maio, mas ainda assim decidiu mudar o nome pouco tempo depois.

… ou por cima?

Quando perguntado sobre a mudança de nome em uma entrevista da VGC na semana passada, o diretor de jogos Julien Galloudec afirmou que fazia parte de uma mudança geral na visão durante o processo de design.

Ele disse que “o jogo mudou muito, a ponto de acharmos que precisávamos de um novo nome para estarmos mais alinhados com essa visão atualizada.

Prosseguiu dizendo que “então foi aí que decidimos mudar para Immortals: Fenyx Rising, um nome que combina a noção do aspecto atemporal da mitologia grega com os imortais”.

Enquanto o novo nome não rola exatamente da língua, é apenas um nome.

A Ubisoft provavelmente ocultou a razão por trás disso porque muitas empresas não gostam de admitir publicamente suas disputas legais, ou pelo menos não da forma como a Epic fez com seu processo contra a Apple.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.