Nova Zelândia usa atores pornô em campanha por educação sexual

Governo do país usou atores pornográficos em campanha que incentiva pais a conversarem sobre sexo com seus filhos

1

A Nova Zelândia decidiu ousar em uma campanha publicitária do governo sobre educação sexual. Os publicitários escolheram atores pornô para estrelar a peça. A ideia é que o vídeo incentive os pais a conversarem com os seus filhos sobre pornografia.

O governo quer que a peça publicitária ajude a despertar a população para diálogos em família sobre sexo. Questões como relacionamentos da vida real e consentimento do parceiro ou da parceira são tratados no vídeo. O comercial pode ser visto, em inglês, abaixo:

O vídeo começa com um casal de atores pornô batendo na porta de uma dona de casa. Ao abrir, ela se depara com os dois pelados na frente de sua casa. A primeira frase do vídeo é: “Oi, o seu filho costuma nos ver na internet”.

Na sequência, eles informam que eles são vistos no Ipad, no Playstation, no celular e em várias plataformas. Eles então explicam a importância de falar sobre o desenvolvimento das relações pessoais.

“Normalmente, nos apresentamos para adultos, mas seu filho é apenas uma criança”, afirma a atriz pornô para a mãe. “Ele pode não saber como os relacionamentos reais realmente funcionam. Nem falamos em consentimento, nós vamos direto ao assunto”, diz ela.

Debate sobre vídeo pornô

A criança então aparece e vê os dois atores. Atônito, ele deixa sua tigela cair no chão. A mãe então se vira para o filho e parece querer iniciar o diálogo. “Tudo bem, Matty. Parece que é hora de conversar sobre a diferença entre o que você vê on-line e os relacionamentos da vida real. Sem julgamento!”, diz a mãe.

O vídeo causou muita repercussão em todo o mundo. O caso virou tema de rodas de conversas na Europa. Afinal, o vídeo, pouco ortodoxo, parece ter conseguido levantar um debate em pouco menos de 1 minuto.

Avalie o Artigo:
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.