Nego Di é denunciado ao Ministério Público após debochar de vídeo íntimo de Natália do BBB 22

O vereador Gabriel Monteiro foi o responsável pela denúncia

0

Nego Di foi denunciado ao Ministério Público pelo vereador Gabriel Monteiro após debochar do vazamento do vídeo íntimo de Natália do BBB 22. No registro, o ex-BBB ainda zomba do vitiligo da participante: “Que goela bem aveludada, hein, morena! Curiosidades do dia: eu não sabia que Dálmata gostava de chimarrão”.

Luciano Szafir faz alerta após contrair Covid-19 pela terceira vez: “Pega muito rápido”

Em nota nas redes sociais, publicada nesta sexta-feira (21), o vereador revelou a denúncia: “Que Nego Di é um comediante sem graça, vilão do humor, isso é mais notório que sua impopularidade. Hoje deliberadamente começou a ofender implicitamente a Natália, a chamando de ‘Dálmata’ por sua doença vitiligo e detalhe: achou bonitinho o vídeo dela ser vazado, após ela ser ameaçada dois anos”.

“Com pessoas assim a gente não perde tempo xingando no direct: a gente denuncia no MP. Se você acha isso certo, pensa que poderia ser com sua filha, que vá fazer graça na cadeia e não no Instagram”, finalizou Gabriel, que também tem um canal no Youtube.

Em comunicado nas redes sociais, a equipe de Natália disse que está acompanhando o caso, mas não mencionou o nome do ex-BBB.

Nego Di rebateu o vereador nas redes sociais 

O comediante de 28 anos de idade, que teve sua conta no Instagram temporariamente suspensa após as falas contra Natália, rebateu o vereador Gabriel Monteiro. Na rede social, Nego Di publicou um esclarecimento para os fãs: “Teve um youtuber/vereador/fiasquento dizendo que sou criminoso e que devo ir pra cadeia, e que me denunciou ao Ministério Público”.

“Um rapaz chamado Gabriel Monteiro fez um vídeo querendo se promover em cima da polêmica. Aí fui dar uma pesquisada sobre ele, então tá aqui: esse youtuber/vereador já foi expulso da polícia militar por deserção, já foi penalizado por porte de arma fora de serviço, faltas injustificadas, quebra de hierarquia, bastante coisa, hein!”, continuou o ex-BBB, tentando justificar sua fala.

Por fim, Nego Di diz, erroneamente, que transfobia não é crime, ao mencionar as falas de Rodrigo contra Linn da Quebrada durante o reality da TV Globo: “Se eu sou criminoso, o que sobra pra ti, Gabriel Monteiro? Em que momento tu trabalha? Em que momento tu exerce a sua função? Transfobia não é crime, é tranquilo”.

 

Veja também: Viih Tube admite que está sofrendo por Lipe Ribeiro: “Peguei outro, mas sou sua”

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.