Mutação da Covid-19 pode ser mais capaz de infectar crianças

O surgimento da nova variante do vírus levou alguns países a fecharem suas fronteiras com o Reino Unido e colocou grandes áreas do território britânico sob restrições severas durante o natal

4

Certamente você já ouviu falar da maior e nada boa novidade sobre a Covid-19: sua mutação, surgida no Reino Unido e até 70% mais eficiente na transmissão do vírus. Todavia, uma outra notícia nada animadora revelou que essa nova variante do vírus pode mostrar que as crianças estão tão suscetíveis a serem infectadas quanto os adultos.

Leia também: Coronavac: última fase de testes chega ao fim

Essa é uma realidade diferente e foi divulgada na tarde de ontem, segunda-feira (21), por Cientistas do Grupo de Aconselhamento sobre Novas Ameaças de Vírus Respiratórios (Nervtag, na sigla em inglês), que estão rastreando a variação.

De acordo com ele, essa mutação se tornou rapidamente dominante no sul do Reino Unido e poderia, em breve, fazer o mesmo no resto do país caso medidas não fosse adotadas.

“Agora temos um grau alto de confiança no fato de que essa variedade tem uma vantagem de transmissão em relação a outras variedades que estão atualmente no Reino Unido”, revelou Peter Horby, professor de doenças infecciosas emergentes na Universidade de Oxford e diretor do grupo.

Segundo Neil Ferguson, professor e epidemiologista de doenças infecciosas do Imperial College de Londres e também membro do grupo de aconselhamento, “existe uma indicação de que há uma maior propensão para a infecção de crianças”.

No entanto, ele ressalta que ainda não foi estabelecido nenhuma causalidade quanto a este fato. “Mas podemos enxergar isso nos dados […] Vamos precisar reunir mais dados para ver como essa nova cepa se comporta daqui em diante”, acrescentou.

Mutação da Covid-19

De acordo com os cientistas, o surgimento desta nova variante da Covid-19 é até 70% mais transmissível do que as versões anteriores do vírus detectadas no Reino Unido.

Dessa forma, alguns países foram obrigados a fecharem suas fronteiras com o Reino Unido e colocou grandes áreas do território britânico sob severas restrições durante o período natalino.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.