Mulher sai para comprar cigarro e desaparece no litoral de SP

A mulher saiu para comprar cigarro em um estabelecimento próximo ao local onde mora e costuma ir sempre, mas acabou não voltando mais

0

A família de Josilene Farias de Pontes Donato está desesperada. Isso porque a mulher, que vive no Guarujá, no litoral de São Paulo, está desaparecida desde que saiu de casa para ir comprar cigarro. Nesta segunda-feira (10), em entrevista ao portal “G1”, a irmã de Josilene, a auxiliar de educação infantil Cybelle Farias de Pontes Silva, contou que a mulher não é vista desde as 17h da última sexta-feira (07).

Miss teen de SP desaparecida é encontrada; ela estava na casa do pai, no RS

Segundo ela, a mulher, que vive com o marido e o filho, de 20 anos, saiu para comprar cigarro em um estabelecimento próximo ao local onde mora e costuma ir sempre.  “Quando foi umas 19h/20h a gente começou a se preocupar, ela não apareceu mais”, começou Cybelle.

“A vizinha disse que viu ela indo em direção para comprar o cigarro. A gente procurou pelo bairro e não achou. Fomos na casa dos colegas que ela mais frequenta, fomos em lugares que ela costuma ir, no salão de cabeleireiro. Como ela mora há muito tempo no bairro, todo mundo conhece, mas ninguém viu”, relatou a irmã.

Em outro momento, Cybelle contou que Josilene costuma sempre sair para comprar coisas. No entanto, ela sempre volta. Ainda conforme a mulher, um homem afirma que a desaparecida realmente comprou cigarro. “O rapaz falou que ela passou por lá e comprou o cigarro. Uma conhecida viu ela passando no Jardim Esperança, mas como foi na sexta-feira, ninguém percebeu algo estranho. No sábado, ninguém mais viu ela no bairro”, relatou.

A mulher saiu para comprar cigarro em um estabelecimento próximo ao local onde mora e costuma ir sempre, mas acabou não voltando mais.
A mulher saiu para comprar cigarro em um estabelecimento próximo ao local onde mora e costuma ir sempre, mas acabou não voltando mais. (Foto: reprodução)

Família desesperada em busca da mulher

Na tentativa de encontrar a mulher, conta Cybelle, a família já procurou em todo o bairro e até mesmo nos pronto-socorros da cidade, mas nada de encontrá-la. “Uma moça comentou que viu uma mulher parecida com ela no quiosque da Enseada, mas estava fechado”, relatou.

Por fim, a moça ainda detalha que sua irmã tem duas tatuagens: uma no braço e outra na perna e que, na hora que sumiu, ela estava com um shorts jeans e uma blusa laranja estampada. Em nota, a Polícia Civil revelou que o caso foi registrado via Delegacia Eletrônica e encaminhado ao 2º DP, que prosseguirá com as investigações em busca de Josilene.

Leia também: Homem mata mulher a tiros após invadir posto de saúde em SP

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.