Mulher reage e bate em homem que invadiu sua casa e tentou agarrá-la; veja o vídeo

Após susto, Angela Gonçalves publicou o flagrante nas redes sociais. Até o momento, o suspeito não foi localizado

0

Uma mulher foi surpreendida com a entrada de um homem desconhecido em sua casa enquanto ela gravava uma aula de dança em Paranaguá, no Paraná. O vídeo da técnica de enfermagem Angela Maria Gonçalves foi gravado na última quarta-feira (17), mas acabou sendo compartilhado somente ontem, segunda-feira (22).

Leia também: Motoboys de app destroem portão e depredam carro no interior de SP; Veja o vídeo

Nas imagens, é possível ver que Angela estava dançando. Alguns segundo depois, um homem parado no portão começa espiar a mulher. Não satisfeito, ele acaba entrando na residência, indo ao encontro da técnica de enfermagem, que reage e expulsa o homem do local.

O vídeo do ocorrido foi publicado nas redes sociais pela mulher, que afirmou ter registrado um boletim de ocorrência do caso. Na publicação, ela explicou que a porta de vidro estava parcialmente fechada para quem passar na rua não ter nítida visão de dentro.

“Me assusto e ajo com naturalidade como se o conhecesse, até que ele reage com a intenção de me agarrar. Nessa, meu instinto dócil de pitbull, sento a porrada”, contou Angela na publicação.

“Se o instinto fosse de medo, ele com certeza teria me contido sem poder medir força e o pior poderia ter acontecido”, disse a mulher, que ainda revelou que estava na casa com sua filha, de 11 anos. “Se o portão estivesse trancado, como se trata de um tarado, ele teria pulado. Talvez, naquele momento, poderia ser pior ainda, porque ele não fugiria na forma que correu, ele me bateria”, afirmou a técnica de enfermagem.

Mulher faz novo desabafo 

A publicação de Angela teve uma grande repercussão e chegou a mais de 1 milhão de visualizações. Com a grande visibilidade das imagens, a mulher acabou sofrendo comentários maldosos. Nesse sentido, ela publicou uma outra mensagem, rebatendo as mensagens que recebeu.

Será mesmo que temos que virar estatística de crimes contra a mulher para outros acreditarem? Homem espia, invade minha casa, cachorro de 10 anos não avança, mas também não se alegra com a entrada do suspeito, tira os chinelos porque saberia que atrapalharia nos atos dele, sorri para me confundir como se fosse um conhecido, vem ao meu encontro para me abraçar. Eu tinha que fazer o que!? Passar cafezinho para ele? Esperar ele me matar e estuprar minha filha?”, desabafou a mulher.

Identidade do suspeito ainda é mistério

Por fim, Angela ainda reafirmou que não conhece o homem que invadiu sua casa. “Quem me dera conhecer pra poder relatar para polícia o nome e endereço dele…quem me dera!”, disse. Até o momento, ninguém foi preso. Em nota, a Polícia Civil do Paraná informou que instaurou um inquérito policial para investigar o caso e segue realizando diligências para identificação do suspeito.

 

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Instagram para acompanhar todas as notícias!

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.