Mulher morre após ser torturada dentro de motel em Palmas

De acordo com testemunhas que estavam no local, foi possível ouvir uma discussão vinda do apartamento onde a mulher estava hospedada

0

A Polícia Civil investiga uma ocorrência misteriosa ocorrida na cidade de Palmas, no Tocantins. Por lá, uma mulher, que ainda não foi identificada, foi morta após ter sido torturada dentro de um motel, na madrugada desta segunda-feira (20).

Segundo testemunhas que estavam no local, foi possível ouvir uma discussão vinda do apartamento onde a vítima estava hospedada. Ao chegar no quarto, depois que a pessoa que estava com a mulher deixou o motel sem ter pago a conta, funcionários do lugar foram inspecionar o quarto e acabaram encontrando o corpo da vítima.

Em nota, a Polícia Civil revelou que agentes da Polícia Milita (PM) foram acionados. Ao chegarem no quarto, os policiais constataram que a vítima estava sem documentos e, além disso, tinha marcas de tortura e evidências de que foi estrangulada.

Conforme a entidade, o crime contra a moça foi cometido por volta de 1h. Depois disso, o corpo da mulher foi levado para o Instituto Médico Legal de Palmas (IML). Até o momento, nenhum suspeito foi preso ou identificado.

Também no Tocantins

Outro caso de morte ocorrido no estado do Tocantins foi registrado em Pedro Afonso. Por lá, um homem, de 27 anos, acabou morrendo esfaqueado dentro de sua própria casa.

De acordo com a PM, a suspeita é que Alexandre Lucas Martins tenha sido morto por sua ex-namorada, que se apresentou na delegacia, mas foi liberada após ser interrogada.

Conforme revelou um vizinho da vítima, foi possível ouvir gritos na residência onde aconteceu o crime. Sendo assim, a polícia suspeita que, antes do homicídio, tenha havido uma briga entre o ex-casal, o que culminou na morte de Alexandre.

Em nota, a PM revelou que, após o crime, foi armada uma ação para encontrar a moça, mas ela se apresentou espontaneamente, sendo liberada na sequência. Até o momento, a entidade não revelou o porquê de ela ter sido solta, visto que é a principal suspeita do crime, que será investigado na 49ª Delegacia da cidade.

Leia também: Mulher perde tudo após ex atear fogo em sua casa: ‘O inferno tá aqui e você vai ver tudo’

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.