MP pede prisão do prefeito e da secretária de Manaus; entenda

O pedido vem por conta das denúncias de irregularidades na aplicação da vacina e no favorecimento de pessoas que teriam "furado" a fila do grupo prioritário da vacinação na região

2

O Ministério Público (MP) solicitou, nesta quarta-feira (27), a prisão do prefeito de Manaus (AM) David Almeida e também da secretária da Saúde da cidade, Shadia Fraxe. O pedido vem por conta das denúncias de irregularidades na aplicação da vacina e no favorecimento de pessoas que teriam “furado” a fila do grupo prioritário da vacinação na região.

Leia também: Bolsonaro: R$ 15 milhões em leite condensado “foi para enfiar no rabo da imprensa”

Além disso, o MP também pede o afastamento de ambos dos cargos públicos. A informação foi divulgada pela “Rede Amazônica”, que afirma que no documento há pedidos de prisão, afastamento e busca e apreensão, redigido pela Procuradoria Geral do Ministério Público e enviado à Justiça do Amazonas.

Além disso, o MP também pede o afastamento de ambos dos cargos públicos. (Foto: reprodução)
Além disso, o MP também pede o afastamento de ambos dos cargos públicos. (Foto: reprodução)

 

Em nota, o prefeito de Manaus, disse estar “profundamente indignado com a atuação ilegal e arbitrária” de membros do Ministério Público. Nesse sentido, ele informou que “ingressará com as medidas cabíveis contra os responsáveis”.

Além do prefeito e da secretária, o MP também solicitou o afastamento do subsecretário de Gestão de Saúde, Luís Cláudio de Lima Cruz, dos assessores da Secretaria municipal de Saúde: Djalma Pinheiro Pessoa Coelho, Stenio Holanda Alves e Clendson Rufino Ferreira.

Entre os investigados que seriam alvo de busca e apreensão estão também o secretário municipal de Limpeza Urbana, Sebastião da Silva Reis, a secretária municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania, Jane Mara Silva de Moraes, além dos médicos.

De acordo com o MP, furaram a fila em Manaus:

  • Secretária Municipal de Saúde, Shadia Hussami Hauache Fraxe;
  • Subsecretário de Saúde Municipal, Luiz Cláudio de Lima Cruz;
  • Secretário Municipal de Limpeza, Sebastião da Silva Reis (vulgo Sabá Reis);
  • Assessor II da Secretaria Municipal de Saúde, Clendson Rufino Ferreira;
  • Advogado e Assessor I da Secretaria Municipal de Saúde, Stenio Holanda Alves;
  • Secretária Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania, Jane Mara Silva;
  • Uma advogada;
  • Um empresário e a esposa.

Conforme o documento, nenhum dos indivíduos citados integram a linha de frente do combate à Covid-19, ou são idosos prioritários, o que configura a prática da infração de peculato. Sendo assim, de acordo com o MP, houve omissão no planejamento e execução da vacinação, o que indica o desvio de vacinas para atender a interesses.

Leia Também:

2 Comentários
  1. […] Leia também: MP pede prisão do prefeito e da secretária de Manaus; entenda […]

  2. […] Leia também: MP pede prisão do prefeito e da secretária de Manaus; entenda […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.