Mourão usa hidroxicloroquina para tratar covid-19

3

O vice-presidente, Hamilton Mourão, está tomando a hidroxicloroquina como tratamento após contrair o novo coronavírus. A informação é do gabinete da Vice-Presidência, que ainda informou nesta segunda-feira (28) que a saúde dele está “boa”.

Mourão testou positivo para covid-19 no último domingo (27). Aos 67 anos de idade, ele faz parte do grupo de risco para o novo coronavírus.  O vice-presidente está isolado na residência oficial de Brasília, o Palácio Jaburu.

O presidente Jair Bolsonaro contraiu a covid-19 em julho. Assim como Mourão, o chefe do Executivo usou a hidroxicloroquina para tratar a doença. Na época, ele postou vídeo nas redes sociais tomando o medicamento, que não tem comprovação científica sobre a eficácia no combate ao coronavírus.

A hidroxicloroquina, ao qual o presidente fez propaganda ao usar enquanto se recuperava da doença, é o remédio indicado para profilaxia e tratamento de ataque agudo de malária. Por causa da alta taxa de toxicidade, a hidroxicloroquina tem alguns efeitos colaterais preocupantes. Por exemplo, arritmia cardíaca, complicações nos rins e comprometimento da saúde dos olhos.

Além do presidente e vice, pelo menos outros 14 ministros já tiveram a doença. A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, foi diagnosticada com o coronavírus também em julho.

Sintomas da covid em Mourão

Em nota, a Vice-Presidência detalhou nesta segunda-feira (28) os motivos que levaram o general a realizar o teste para detecção do vírus. De acordo com o gabinete, Mourão teve febre e dores no corpo e na cabeça antes de ser diagnosticado com covid-19. 

“Antes de ter sido diagnosticado com Covid-19, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, apresentou mialgia (dor no corpo), cefaleia (dor de cabeça) e febre, que não passou de 38 graus, o que o levou a fazer o exame, confirmando o teste positivo no dia de ontem (27)”, diz o comunicado sobre o vice.

Conforme a nota, o vice tem bom quadro de saúde. Ele usa remédios para dor e febre, além de hidroxicloroquina, azitromicina e Annita (um antiparasitário). O uso dos dois primeiros para tratamento da covid-19 é defendido pelo presidente Jair Bolsonaro, apesar da falta de evidências científicas. Já o antiparasitário faz parte da propaganda do ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes. Contudo, estudos indicaram que o remédio não reduz sintomas da doença.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

3 Comentários
  1. Irton Marx/Santa Cruz do Sul - RS. Diz

    Se o Mourão está usando esta medicação, então eu não acredito que tenha contraído o Covid. É mais uma das inúmeras mentiras que inventaram para manter o Bolsonaro em alta com seus seguidores lunáticos e fascistas. Deste governo não se salva nenhum, a não ser o que abandonaram seus cargos por causa da interferência do “presianta.” Quanto a Sergio Moro, este é um bandido, um mafioso e deve ir para um pelotão de fuzilamento. Não sou esquerdista ou direitista, sou eu mesmo. Irton Marx/Santa Cruz do Sul/República Federal do Rio Grande.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.