Milhares protestam pela renúncia de Netanyahu em Israel

Milhares de manifestantes foram às ruas para pedir a renúncia do primeiro-ministro. Ativistas também criticaram gestão do governo na pandemia

0

Milhares de pessoas foram às ruas de Israel para pedir a renúncia do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu neste sábado (1). Em pauta, os manifestantes criticaram as denúncias de corrupção e a atuação do governo diante da pandemia do novo coronavírus.

Esta não é a primeira vez que os protestos aconteceram no país. Recentemente, um grupo aparentemente menor, se reuniu nas principais cidades do país para protestar. Vale lembrar que o primeiro-ministro israelense está sendo acusado de corrupção.

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu nega todas essas acusações e tem reiterado que estaria sendo vítima de uma espécie de “perseguição”. Seja como for, as manifestações já estão sendo registradas em algumas cidades novamente neste domingo (2).

Há registros de protestos acontecendo em algumas das mais importantes cidades do país. Entre elas, está a cidade de Jerusalém, que é capital. Além disso, imagens que circulam pela internet mostram cartazes contrários ao primeiro-ministro pendurados em pontes da região.

Netanyahu

Há ainda registros de protestos que ocorreram na frente da residência oficial do primeiro-ministro. Os manifestantes estavam pedindo a renúncia imediata do político. Não há informações de que Netanyahu estava no momento na residência.

Até a publicação desta matéria, nem o primeiro-ministro de Israel, nem qualquer representante seu, tinha se pronunciado sobre os protestos. Aliás, também não há registros na imprensa de que os protestos tenham sido reprimidos por agentes do estado.

A maioria dos milhares de manifestantes que estavam nesses protestos estavam usando máscaras. Mas imagens nas redes sociais mostram que boa parte dos ativistas não estavam respeitando as regras de distanciamento social. Essas são regras exigidas pelas autoridades sanitárias por causa da pandemia do novo coronavírus.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.