Microbiologista declara em entrevista que apenas o teste RT-PCR é capaz de diagnosticar corretamente o coronavírus

Ela ainda criticou a venda de testes rápidos em farmácias

0

Durante o programa Roda Viva, da TV Cultura, exibido ontem (29), a fala de uma microbiologista a respeito dos testes de coronavírus chamou a atenção e fez com que muita refletisse sobre a disponibilização dos testes rápidos que estão à venda nas farmácias.

A profissional Natalia Pasternak declarou que o governo federal deveria adquirido mais kits para o teste RT-PCR porque ele é o único que fornece um diagnóstico preciso de contaminação por coronavírus. Na realidade, ela fez uma crítica ao usar o termo “desgoverno federal”.

Outra declaração de Natalia que chamou muito a atenção foi sobre a ineficiência dos testes que são vendidos em farmácias. Eles funcionam basicamente como um teste de gravidez e usam linhas para indicar quando a pessoa está contaminada com o coronavírus ou não.

Em algumas cidades, esses testes custam mais de R$ 300,00 e, de acordo com a microbiologista, eles não têm sensibilidade suficiente para detectar a presença do vírus ou de anticorpos.

Além disso, ela ressaltou que muitas pessoas fazem o teste rápido, comprado na farmácia, e recebem um resultado negativo falso ou positivo falso, justamente por causa da pouca sensibilidade que esses testes têm.

Natalia Pasternak deixou claro que esse tipo de teste faz com que as pessoas fiquem confusas: elas podem ficar preocupadas por supostamente estar com coronavírus e procurar um hospital sem necessidade ou ficar tranquilas com um diagnóstico negativo quando, na verdade, estão contaminadas.

Sorologia agora está garantida nos planos de saúde

Apesar de a microbiologista declarar que os exames de sorologia não são suficientes para detectar o novo coronavírus, os planos de saúde agora estão obrigados a garantir os testes sorológicos a todos os conveniados.

Essa mudança é resultado de uma determinação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e os pacientes só precisam se consultar com um clínico geral, apresentando sintomas da COVID-19.

Se o médico considerar necessário fazer exame de sorologia contra COVID-19, o plano de saúde fará a cobertura.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.