México: vacinação contra a covid-19 começa na quinta-feira

O governo do México recebeu 1,4 milhão de doses das 34,4 milhões que a farmacêutica Pfizer concordou em entregar ao país

3

O governo do México informou que a vacinação contra covid-19 começa na quinta-feira (24). O país recebeu o primeiro lote de doses da farmacêutica Pfizer nesta quarta-feira (23), que vieram da Bélgica. De acordo com as autoridades locais, os profissionais de saúde serão os primeiros a receber os imunizantes.

Vacina da Pfizer chega ao México
O lote de vacinas que chegou ao México será guardado pelas Forças Armadas (Reprodução/El Pais)

As vacinações começam nos hospitais da Cidade do México e da cidade de Saltillo, no norte do país, segundo o presidente mexicano Andres Manuel Lopez Obrador. Durante a entrega das vacinas, ele disse que vai pressionar para que a vacina chegue em outras áreas. 

Primeiramente, as autoridades querem vacinar funcionários de quase mil hospitais que tratam de pacientes com coronavírus em todo o país. Em seguida, idosos e pessoas com doenças crônicas devem ser os próximos na fila para receber o imunizante.

A Pfizer é a primeira vacina contra a covid-19 a chegar ao México. Até a distribuição, as Forças Armadas vão guardar o lote em um local equipado para armazenar as doses. O governo mexicano informou que chegaram 1,4 milhão de doses das 34,4 milhões que a empresa concordou em entregar ao país.

O México também tem acordos preliminares de compra com o projeto sino-canadense CanSinoBio por 35 milhões de doses e com a britânica AstraZeneca por 77,4 milhões de doses.

A vacina da Pfizer em conjunto com a BioNTech começou a ser aplicada nos Estados Unidos na semana passada. No domingo (27), a União Europeia dará início a sua campanha de vacinação nos 27 países que pertencem ao bloco.

Pandemia no México

O México registrou 119.495 mortes relacionadas ao vírus desde o início da crise sanitária. De acordo com dados oficiais, são 1,33 milhão de infecções. 

O país tem a quarta maior mortalidade depois dos Estados Unidos, Brasil e Índia. Além disso, é a 15ª nação com maior índice de mortes por 100 mil habitantes.

No mundo, a pandemia já infectou mais de 72 milhões de pessoas e matou 1,72 milhão, conforme dados divulgados nesta quarta-feira (23). Neste mês, a covid-19 chegou a todos os continentes do planeta, inclusive na Antártica.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.