Mercados acionários dos EUA seguem direções opostas nesta sexta (22)

Nasdaq renova recorde, enquanto Dow Jone e S&P 500 caem

1

Os mercados acionários dos Estados Unidos encerraram esta sexta-feira (22) seguindo trajetórias inversas. Enquanto o Nasdaq renovou a sua máxima histórica, os índices Dow Jones e S&P 500 recuaram. Vale ressaltar que, no segundo caso, os investidores aproveitaram o dia para realizarem lucro após os recentes recordes dos últimos dias.

Em resumo, as ações em Nova Iorque acumularam ganhos na semana. Isso aconteceu, em grande parte, por causa dos balanços trimestrais que estão superando as expectativas dos investidores. Para se ter uma ideia, 13% das companhias que estão no S&P 500 divulgaram seus dados trimestrais, e 86% delas acabaram superando as projeções.

A saber, as expectativas para o resultado do quarto trimestre do ano passado estão bem reduzidas devido à pandemia da Covid-19, que afeta o mundo há quase onze meses. Portanto, dados um pouco mais elevados estão sendo motivo de festa entre os mercados. Aliás, a estimativa para o último trimestre de 2020 indica retração e, se confirmada, será o quarto trimestre seguido de queda, na comparação com o mesmo período de 2019.

 

Covid-19 puxa índices para baixo

No entanto, apesar desses dados positivos, houve preocupação no dia com o fraco desempenho econômico da Europa. Outro fator preocupante envolve o Índice de Gerente de Compras (PMI, na sigla em inglês) Composto preliminar, que ficou abaixo da marca de 50 na zona do euro. Vale ressaltar que este nível separa crescimento de contração. A saber, em janeiro, o valor ficou em 47,5, enquanto em dezembro marcou 49,1, ou seja, a zona continua em retração.

E a China também apareceu no radar dos investidores, com novos temores do avanço da Covid-19 no país. A propósito, Pequim pediu a trabalhadores urbanos que não viajem de volta às suas províncias no feriado do Ano Novo Lunar em fevereiro. O país tenta conter a propagação do novo coronavírus. Já Xangai testará milhões de pessoas novamente. E todo o receio em torno do país asiático é justificado por ele ser o maior importador de petróleo do mundo.

 

Veja as variações dos mercados

Com essas notícias mistas, os principais mercados acionários dos Estados Unidos chegaram ao fim do pregão também com resultados variados. Em suma, o Dow Jones caiu 0,57%, recuando para os 30.996,98 pontos, mas acumulou ganhos de 0,59% na semana. Da mesma forma, o S&P 500 apresentou queda, de 0,30%, para 3.841,47 pontos, mas avançou 1,94% na semana. Por fim, o índice Nasdaq renovou a sua máxima histórica pelo terceiro pregão seguido. A alta foi bem tímida (0,09%), mas bastante comemorada, pois veio nos minutos finais da sessão. Assim, o índice chegou a 13.543,06 pontos.

 

LEIA MAIS

Entenda as razões das recentes quedas do Ibovespa

Dólar sobe 2,17%, com maior valorização diária em quatro meses

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Mercados acionários dos EUA seguem direções opostas nesta sexta (22) […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.