Meditação ajuda ansiosos durante a pandemia

Técnicas simples de meditação podem beneficiar a saúde mental das pessoas durante a pandemia de Covid-19. Conheça os poderes da técnica.

1

A pandemia do novo coronavírus teve uma série de impactos sociais, econômicos e psicológicos. Como resultado, a saúde mental de muitas pessoas está sendo levada ao limite. Dessa forma, muitas pessoas estão tendo que buscam alternativas para relaxarem durante o isolamento social, que, por si só, é uma situação estressante. Nesse sentido, a meditação pode ser uma ótima opção para acalmar aqueles que se sentem mais ansiosos, além de contribuir com diversas outras questões.

Embora a prática seja muito antiga e difundida pelas filosofias orientais, somente recentemente ela tem se popularizado. Desde o início do isolamento social, a prática vem ganhando cada vez mais adeptos.

Da mesma forma como ocorre com os exercícios como pilates, natação e musculação, para obter o melhor da meditação, é preciso que a pessoa a inclua em sua rotina diária. Dessa forma, quanto mais você treinar, melhor será seu desempenho.

Vantagens da meditação

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 25% da população do mundo será afetada pelo transtorno de ansiedade em alguma fase da vida. Em contrapartida, a meditação possui o poder de combater uma série de males da vida moderna. Por exemplo, a própria ansiedade, o stress e a depressão.

A prática é capaz de gerar respostas físicas e psíquicas em nosso corpo. Desse modo, inúmeros problemas de saúde, em especial os resultantes do stress, podem ser evitados. Igualmente, a prática da meditação ajuda a aliviar os problemas psicológicos já existentes.

Por fim, durante a quarentena, diversos especialistas no assunto tem utilizado as redes sociais e o Youtube para promover aulas guiadas gratuitas. Assim, busque por aquele que com o qual você mais se identifica e dê início a sua meditação. Além disso, lembre-se de escolher um ambiente tranqüilo, se sentar de maneira confortável e com roupas adequadas. Preferencialmente, repita as sessões diárias no mesmo horário. Realizar os exercícios na parte da manhã pode ajudar a fornecer a energia necessária para um bom dia.

1 comentário
  1. […] o cérebro dos pacientes estaria se adaptando ao recebimento de novos estímulos. Acima de tudo, os exercícios realizados são uma combinação de estímulos que envolvem a coordenação motora, a força e o […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.