Maurílio, da dupla com Luiza, morre aos 28 anos de idade

O cantor estava internado desde o dia 14 de dezembro após sofrer três paradas cardíacas

0

Maurílio, da dupla com Luiza, faleceu na tarde desta quarta-feira (29), aos 28 anos de idade. Segundo informações do site G1, o cantor teve uma piora em seu estado de saúde nas últimas 12 horas e foi diagnosticado com choque séptico.

Filho de Faustão estaria vivendo affair com herdeira de gigante farmacêutica, diz jornal

O artista estava internado no Instituto Ortopédico de Goiânia, para onde foi transferido no dia 20 de dezembro deste ano. Maurílio sofreu três paradas cardíacas no dia 14 deste mês, ao participar da gravação do DVD da dupla Zé Felipe e Miguel.

Por enquanto, a assessoria de imprensa de Maurílio e Luiza ainda não se pronunciou sobre o falecimento. O sertanejo deixa a esposa, Luana Ramos, e a mãe, Odaisa Delmonte. Na manhã desta quarta-feira (29), Luana inclusive fez uma carta aberta ao marido após sua piora. 

Que ele descanse em paz!

Luiza tinha fé na recuperação do amigo

Luiza se pronunciou sobre o estado de saúde de Maurílio, sua dupla sertaneja, em bate-papo com a colunista Fábia Oliveira, neste último domingo (26). O cantor está internado, em estado grave na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), desde 14 de dezembro, após sofrer três paradas cardíacas.

A cantora reforçou que o fato do artista estar vivo é um milagre e contou maiores detalhes daquele fatídica noite: “Nós gravamos quatro vezes pra música sair direito. Nessa quarta vez, a gente fazendo foto, se despedindo, quando eu olho pra trás, o Maurílio caído. E aí foi aquela confusão, ele teve os primeiros socorros lá, mas a ambulância demoraria a chegar. Eu coloquei no carro e levamos para o hospital mais próximo”.

“Ele teve três paradas, uma delas durou 38 minutos. Ele sumiu e voltou. O Maurílio já é um milagre”, afirma a namorada da ex-BBB Marcela McGowan. Ela ainda tem bastante fé que o amigo conseguirá se recuperar: “Há três dias conseguiram fazer uma ressonância no Maurílio, porque eles (médicos) não estavam conseguindo mexer nele, porque ele estava muito em risco. É uma coisa muito imprevisível, a parte neurológica. Pode ser coisa de um dia, uma semana ou de meses. O médico explicou pra mim que a situação é grave, mas que nada é impossível pra Deus”.

 

 

 

 

Veja também: Rodrigo Hilbert se pronuncia após críticas por cadeira ‘diferentona’: “Rindo à beça”

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.