Marketing jurídico: veja dicas agora mesmo!

0

Sabemos que o marketing digital encontra maneiras de estar presente em diversas áreas de atuação. Logo, o marketing jurídico é uma delas. Afinal, o objetivo principal é fazer com que advogados de todo Brasil despontem nas primeiras posições do Google.

Pesquisar dúvidas no Google já é uma realidade há anos, principalmente em assunto tão complexos quanto o campo jurídico. Portanto, este tipo de marketing amplifica o alcance de conteúdo de qualidade e divulga o nome profissional de inúmeros advogados.

A ideia geral é a de conseguir desmistificar o assunto, esclarecer dúvidas pontuais e fazer o nome do advogado estar mais presente nas redes. De acordo com Thiago Loch, especialista em estratégias de marketing, diz que o segredo está nas técnicas SEO. Afinal, a maior barreira em entrar no ambiente online, para advogados, é o Código de Ética do campo jurídico. Isso se dá porque existe uma cláusula que proíbe a mercantilização e a capacitação de clientes. Mas, não se preocupe, existem saídas para este impedimento:

Descomplicando o marketing jurídico

Como a advocacia não pode, por lei, ser ofertada como se fosse um produto, a saída é a divulgação de textos informativos. Com isso o marketing jurídico irá esbarrar constantemente nas técnicas de SEO e no marketing de conteúdo. A combinação destas duas técnicas auxilia o Google a puxar informações do blog do profissional, por exemplo, quando surgem dúvidas relacionadas ao tema.

O caminho do marketing jurídico é o seguinte: dúvida do cliente; procura do conteúdo no Google; publicações informativas de advogados e capacitação de clientes de maneira orgânica. Este processo não fere o Código de Ética da OAB e, ao mesmo tempo, potencializa o alcance de profissionais.

Já conhecia o marketing jurídico? Compartilhe este artigo para o seu amigo advogado e não deixe de compartilhar conosco o que ele achou do conteúdo.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.