Marcos Harter pede gratuidade de Justiça e TV Globo tenta desmascará-lo

O médico processa a emissora por ter sido taxado como "agressor de mulheres"

1

O processo entre Marcos Harter e a TV Globo está longe de acabar! O médico, que acusa a emissora de “queimar sua imagem” com o público, é alvo de um pedido da emissora para conferir a sua real situação econômica durante o processo.

Família de Flávio Migliaccio luta para receber indenização de R$33 milhões

De acordo com a colunista Fábia Oliveira, a Globo pediu que fosse emitido um ofício na última segunda-feira (5), através do sistema online INFOJUD, da Receita Federal, para averiguar a situação financeira do médico, que pediu gratuidade na Justiça.

A emissora exige que seja liberado as últimas cinco declarações de Imposto de Renda de Marcos Harter, que após sair derrotado na primeira instância, entrou com recurso e pediu gratuidade na tramitação já que sua situação financeira “estaria péssima”.

Harter depositou R$500 para o recurso, mas como ele luta em uma causa de R$75 mil, ele deveria depositar 4% do valor, ou seja, R$30 mil.

O advogado da TV Globo alega que os extratos disponibilizados pelo médico exibem valores acima de R$19 mil em cartões de crédito. Além disso, Harter teria desembolsado mais de R$30 mil em advogados e consultores de imagens e lucrado com sua fama no BBB 17, concorrendo como vereador e até ganhando valores altos com suas consultas médicas.

A Globo pede que o advogado complemente o valor do recurso e que, se não o fizer, que seja desconsiderado por deserção.

Relembre o processo

O médico Marcos Harter foi acusado de agredir Emilly Araújo, vencedora do BBB17. Com toda a polêmica durante o reality, Marcos foi expulso após supostas provas de seu comportamento violento.

Em agosto de 2020, ele entrou com um processo contra a TV Globo por danos morais, alegando que foi taxado de “agressor de mulheres” de modo errôneo. Ele pedia R$750 mil de indenização para a emissora.

Marcos perdeu o processo em janeiro de 2021, no qual pedia uma indenização para a TV Globo de R$750 mil. A Justiça determinou que, ao perder a ação, ele deverá pagar R$75 mil para a emissora.

Em sua decisão de mais de sete páginas, a juíza argumenta que a emissora agiu de forma correta ao colher provas da suposta agressão de Harter contra Emilly Araújo. Apontou, também, que Harter continuou na mídia após as acusações, com uma base de fãs, e sua participação em A Fazenda.

O médico já recorreu da decisão.

Veja também: Carla Diaz sobre inquérito que apura racismo reverso no BBB 21: “Isso não existe”

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Marcos Harter pede gratuidade de Justiça e TV Globo tenta desmascará-lo […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.