Manchester City elimina o PSG e vai à final inédita da Liga dos Campeões

Agora, o time inglês aguarda pelo adversário, que sai do duelo entre Chelsea e Real Madrid

4

O Manchester City está classificado para as semifinais da Liga dos Campeões da Europa, após vencer por 2 a 0 o Paris Saint Germain, em casa.

A partida foi disputada na tarde desta terça-feira (4), no Ettihad Stadium, em Manchester, pelo jogo de volta das semifinais.

Na partida de ida, o time britânico havia vencido por 2 a 1 no estádio Parc de Princes, em Paris e agora poderia perder por até um gol.

Os comandados do técnico Pep Guardiola vão à final pela primeira vez na história. Enquanto isso, os franceses, do técnico Mauricio Pochettino, ficam pelo caminho.

E nem mesmo a neve foi capaz de esfriar este grande duelo do futebol europeu.

Agora, o City vai esperar pelo vencedor do duelo entre Chelsea e Real Madrid, que se enfrentam nesta quarta-feira (5), a partir das 16h, no estádio de Stamford Bridge, em Londres.

O jogo

Precisando de dois gols para se classificar, o PSG partiu para o ataque nos primeiros minutos, sufocando a defesa do Manchester City.

Aos 6min, em cruzamento da esquerda, o árbitro marcou pênalti para o time francês, após a bola bater no braço do defensor do City. Porém, o VAR (árbitro de vídeo) foi chamado e ficou constatado que a bola bateu no ombro, anulando o lance.

Mas, aos 10min, no primeiro ataque, o time da casa abriu o placar. Em jogada que começou com lançamento espetacular do goleiro brasileiro Everson, Zinchenko foi lançado, inverteu e, na sobra da finalização de De Bruyne, Mahrez bateu cruzado, rasteiro, indefensável: 1 a 0.

O PSG não desanimou, foi para cima e quase empatou aos 16min. Após cruzamento da esquerda, o zagueiro brasileiro Marquinhos subiu de cabeça e mandou no travessão, deslocando o goleiro e quase empatando.

Dois minutos depois, Di María roubou a bola em saída ruim de Everson, ele dominou e chutou à esquerda, rasteiro, com muito perigo.

O PSG seguia no campo de ataque, buscando o gol, mas apesar da pressão e da velocidade, não conseguia mais concluir. E o City ficava só na espera da chance de escapar em algum contra-ataque.

Aos 45min, Mahrez teve outra grande chance, em chute cruzado que o goleiro Navas tirou com os pés. Na sobra, a bola foi para escanteio, em outro chute perigoso.

No segundo tempo, o PSG continuou propondo o jogo, pois precisava de ao menos dois gols. Mas tinha dificuldades de finalização por conta da qualidade da defesa adversária.

E o City, mais efetivo no contra-ataque, quase marcou aos 8min com Foden, que chutou e obrigou o goleiro a fazer grande defesa.

E, aos 17min, em bela jogada pela esquerda, com contra-ataque rápido, a bola sobrou rasteira, na segunda trave, para Mahrez, que completou no canto esquerdo, em belo passe de Foden: 2 a 0.

O gol desanimou o PSG, que ficou mais nervoso em campo. Em uma confusão aos 23min, Di María foi expulso de campo.

Aos 31min, o City ainda perdeu a chance de fazer o terceiro, com Foden, que mandou a bola na trave, em chute cruzado e rasteiro.

Leia também: Flamengo encara a LDU e a altitude de Quito na Libertadores

Leia Também:

4 Comentários
  1. […] Leia também: Manchester City elimina o PSG e vai à final inédita da Liga dos Campeões […]

  2. […] Leia também: Manchester City elimina o PSG e vai à final inédita da Liga dos Campeões […]

  3. […] do que isso, agora vai haver uma decisão totalmente inglesa, já que o Manchester City eliminou o Paris Saint Germain na terça-feira (4). A final será disputada no dia 29 de maio, em Istambul, na […]

  4. […] Na temporada passada, foi à final e perdeu o título para o Bayern Munique. Agora, em 2021, caiu ainda nas semifinais para o Manchester City. […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.