Mais de 300 MIL TAXISTAS estão cadastrados no Ministério para receber o NOVO AUXÍLIO

Nessa primeira etapa, o pagamento do benefício está previsto para o dia 16 de agosto

0

Até esta terça-feira (2), o número de municípios que já haviam enviado ao Ministério do Trabalho e Previdência (MTP) informações referentes aos taxistas em situação regular chegou a 3.119. Ao todo, foram 301.505 profissionais cadastrados.

Vale destacar que a medida emergencial para beneficiar taxistas está prevista na Emenda Constitucional nº 123.

Mais de 300 MIL TAXISTAS estão cadastrados no Ministério para receber o NOVO AUXÍLIO
Foto: Reprodução

Auxílio para taxistas

É importante ressaltar que somente o envio das informações não é a garantia do pagamento do Auxílio Taxista. Isso porque os dados serão analisados pela Dataprev para a identificação dos profissionais elegíveis.

A saber, os motoristas de táxi elegíveis nessa etapa receberão as duas parcelas (referentes aos meses de julho e agosto) no dia 16 de agosto.

É possível consultar os municípios que já mandaram os dados neste link.

Entre hoje (3) e esta quinta-feira (4) o sistema estará fechado para a análise e o cruzamento dos dados pela Dataprev.

Então, a partir da sexta-feira (5), os municípios poderão voltar a cadastrar os motoristas.

Cabe mencionar que os profissionais que forem cadastrados na segunda etapa e forem elegíveis ao Auxílio Taxista também receberão as duas parcelas (referentes aos meses de julho e agosto) no dia 30 de agosto.

O valor e o total de parcelas do benefício poderão ser ajustados de acordo com o número de beneficiários cadastrados, respeitando o limite global disponível para o pagamento do auxílio, previsto na Emenda Constitucional.

Forma de pagamento

Os valores do Auxílio Taxista serão depositados em conta digital por CPF do profissional, de maneira automática pela Caixa Econômica Federal. Não há necessidade de cadastro ou de envio de dados de conta para o depósito.

Requisito

Terão direito ao benefício os motoristas de táxi que tenham permissões ou concessões (alvarás) com cadastro nas prefeituras ou Distrito Federal e que, entre outras exigências, tenham Carteira Nacional de Habilitação válida.

Dataprev vai analisar os dados para o Auxílio Taxista

A empresa de tecnologia parceira do governo federal é responsável pela análise, cruzamento e checagem dos dados recebidos dos municípios e do DF com informações disponíveis em bases de dados do governo federal, a fim de verificar os critérios estabelecidos. O objetivo é identificar os profissionais elegíveis para receber o Auxílio Taxista.

Com informações do Ministério do Trabalho e Previdência

Leia ainda: Posso me CADASTRAR para receber o AUXÍLIO BRASIL de R$ 600? Descubra aqui

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.