Magnussen critica Albon por batida em Silverstone

0

Kevin Magnussen criticou Alexander Albon, da Red Bull, por uma tentativa de ultrapassagem “mal julgada” que terminou com o GP da Grã-Bretanha de Haas.

Preparação do dinamarquês Foto Twitter Magnussen
Preparação do dinamarquês / Foto: Twitter Magnussen

Magnussen caiu no final da volta de abertura da corrida de domingo em Silverstone, depois de ser atingido por Albon na última curva.

Um erro de Magnussen ao sair da penúltimo curva deixou-o fora de forma para a Club, abrindo a porta para Albon tentar ultrapassar o interior.

Mas Albon logo descobriu que não havia espaço suficiente para passar o carro da Haas, resultando em contato, apesar de uma tentativa tardia de desistir da ação.

O confronto enviou Magnussen para a brita, encerrando sua corrida, enquanto Albon ficou com danos no carro e conseguiu uma penalidade de cinco segundos no incidente.

Magnussen explicou após a corrida que ele não entendeu por que Albon estava com tanta pressa de ultrapassar, acreditando que ele teria superado pouco tempo depois se tivesse sido mais paciente.

“Quando o vi, era muito tarde para eu realmente dar espaço a ele”, disse Magnussen.”Eu acho que teria sido muito fácil para ele esperar. Ele tinha um carro muito mais rápido, ele teria passado  facilmente por mim de qualquer maneira.”

“Eu não acho que ele teria passado por um momento muito difícil se não tivesse assumido um grande risco ali. Ele provavelmente teria feito isso na próxima esquina. Claramente, não foram más intenções dele, só acho mal julgado”

Albon chamou o pênalti de “50-50” quando questionado sobre o incidente após a corrida, tendo revidado o campo para terminar em oitavo. “Kevin saiu da pista e, pela maneira como ele entrou, havia um espaço lá inicialmente”, explicou Albon.

“Percebi que ele não me vê ou a lacuna está diminuindo muito rapidamente, e tentei me afastar. A essa velocidade de fechamento, era demais. Eu tive o dano que foi uma pena. O ritmo da corrida não foi tão ruim, tivemos que fazer muito neste fim de semana, então o P8 não é o que eu quero, mas [foi] a limitação de dano”.

Chefe da Red Bull avalia incidente entre Magnussen e Albon

Christian Horner, chefe da equipe da Red Bull, acreditava que o confronto foi um incidente de corrida, mas não ficou totalmente surpreso ao ver Albon receber uma penalidade.

“Foi um incidente de corrida”, disse Horner. “Se você olhar para isso desde o início, Kevin cometeu um erro, ele se afastou, Alex colocou o nariz lá e então ele meio que recuou um pouco. Foi uma dessas coisas. Eu não fiquei muito surpreso com a penalidade, poderia ter sido de qualquer maneira”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.