Luisa Mell confirma medida protetiva contra o ex-marido: “Não dá sossego”

De acordo com o advogado da ativista animal, Gilberto ameaça verbalmente a ex-esposa

0

Luisa Mell confirmou por meio do advogado, Angelo Carbone, para o site Uol, na última sexta-feira (8), que entrou com uma medida protetiva de urgência contra o ex-marido, Gilberto Zaborowsky. O empresário é acusado de ameaçar e pressionar psicologicamente a ativista animal.

Alexandre Frota diz que já namorou Marisa Monte: “Uma grande mulher”

“Ela denunciou o marido por pressão psicológica, ameaça verbal e coação. Ele não dá sossego para ela, está tentando se aproveitar de um momento delicado que a Luisa está vivendo. A Lei Maria da Penha não envolve apenas violência física. A tortura psicológica, a chantagem e a agressão moral também precisam ser punidas”, explicou o representante da empresária.

Segundo o advogado de Luisa Mell, Gilberto estaria usando assuntos relacionados ao filho e outros familiares para incomodar e ameaçar Luisa. O objetivo da medida é importante para evitar diálogos entre o empresário e a ex-esposa.

“Ela está abalada psicologicamente. Está em um momento delicado, com medo de tudo. Além da medida protetiva, queremos solicitar o uso de tornozeleira eletrônica ou prisão domiciliar para mantermos controle sobre os locais que ele frequenta. Ele pode responder criminalmente caso não siga a recomendação”, esclarece o advogado.

Relembre os termos da medida protetiva

O pedido de urgência de Luisa Mell, baseado na Lei Maria da Penha, foi protocolado no fim de setembro no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Os dois estão separados desde julho deste ano, após o empresário ser acusado de autorizar uma cirurgia plástica na ex-esposa, sem consentimento dela.

A Justiça determinou que Gilberto ficará proibido de chegar a menos de 500 metros da ativista animal. O magnata também ficou proibido de manter contato com a ex-esposa e a ex-sogra, por qualquer meio que seja, e de frequentar locais que façam parte da rotina diária de Luisa.

A decisão também restringe atos de compra, venda e locação de propriedade comum, além do compartilhamento de fotos, e-mail e postagens nas redes sociais. As visitas ao filho do casal, Enzo, só podem ocorrer com a presença de um terceiro, que deverá ser indicado por Luisa.

 

 

 

Veja também: Tatá Werneck faz piada com a dança de cadeiras da TV Globo

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.