Luciano Hang: Quem foi e história da Havan

0

Luciano Hang é um empresário catarinense do segmento de confecções que acumula polêmicas e inúmeras controvérsias. Em 2019, ele chegou a figurar na lista dos bilionários da Forbes, mas tornou-se conhecido mesmo foi pelo seu incondicional apoio em 2018 ao presidente Jair Bolsonaro, o que acabou por transformá-lo numa espécie de símbolo do radicalismo de direita no país.

As suas lojas, cerca de 165 espalhadas por todo o Brasil, de cara chamam a atenção pela singular arquitetura que lembra a fachada da Casa Branca norte-americana, mas também por lhe renderem a “bagatela” anual de mais de R$10 bilhões de reais.

O empresário e bom de marketing Luciano Hang

A história de Luciano Hang como empreendedor começa quando, ainda adolescente, ele costumava comprar doces e biscoitos para revender aos colegas da escola. 

Mais tarde, tornou-se vendedor de tecidos em uma empresa na cidade de Brusque-SC. E mais à frente, em 1986, com apenas 24 anos de idade, montou a sua própria loja de tecidos em sociedade com um amigo. Já àquela época, o que se dizia era que os seus planos eram tão ousados que dificilmente ele encontrava quem acompanhasse o seu ritmo. 

Uma tal ousadia que ficou ainda mais caracterizada quando, em 1999, decidiu transformar o seu negócio de tecidos em uma rede de lojas de departamentos, com fachada (e alma) que lembravam o espírito do capitalismo dos Estados Unidos. Hoje, o império da Havan de Luciano Hang possui um valor de mercado estimado em R$70 bilhões de reais. Além disso, possui em seus catálogos mais de 100 mil itens diferentes.

Mas ele já avisa que a sua próxima meta é chegar a 200 unidades das suas lojas em todo o Brasil. Em uma das histórias mais singulares dentro desse universo do empreendedorismo brasileiro, que não se cansa de nos revelar personagens cuja dicotomia “ame-o” ou “odeie-o” acaba sendo a principal característica. 

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.