Luana Piovani volta a reclamar de Pedro Scooby por educação dos filhos

A atriz gravou um longo vídeo lamentando sobre algumas situações que notou nos filhos.

0
Luana Piovani volta a reclamar
Reprodução

Se a relação entre Luana Piovani e Pedro Scooby havia melhorado, essa fase boa já passou: a atriz volta a reclamar do ex-marido, a respeito da educação dos filhos. O vídeo de desabafo veio após as crianças, Dom (9 anos) e os gêmeos Bem e Liz (6), passarem uma temporada na casa do pai.

Luana Piovani volta a reclamar de Pedro Scooby

A ‘alfinetada’ já começa na legenda do vídeo, publicado no Instagram de Piovani. “Frustração/Empatia/Respeito. 1) A frustração é um sentimento associado à uma sensação de impotência e de desânimo, que ocorre quando algo que era esperado falha ou não acontece. 2) A empatia é a capacidade de se colocar no lugar do outro, buscando agir ou pensar como aquela pessoa agiria ou pensaria. 3) O respeito demonstra consideração, deferência; sentimento positivo por uma pessoa e também ações específicas e condutas representativas daquela estima”, escreveu.

Já nas imagens, a artista lamenta que Liz tenha começado a cantar funk com conteúdo sexual, fala que as crianças chegaram atrasadas às aulas de karatê e ainda voltaram para casa com piolhos. “Estou com uma angústia no meu peito e eu acho que quando a gente divide, as coisas melhoram. Em resumo, eu vou contar para vocês o que aconteceu. Eu cheguei de viagem e as crianças voltaram para minha casa, graças a Deus, pois eu estava morta de saudades, porém, vamos aos acontecimentos”, começa. “Liz começou a cantar uma música com a frase ‘senta aqui no pai’. Não preciso nem dizer que eu quase infartei, primeiro que a minha casa não tem funk que fala palavrão, até tem uns que eu gosto e eu permito, porque eu adoro a batida do funk, desde que seja respeitoso”, explica.

Conflito

Por fim, Piovani diz que evita conflitos com Pedro, a julgar que os dois passaram por um período nebuloso assim que separaram e, com o tempo, conseguiram contornar a situação, além de recordar situações que viveu com os próprios pais. “Ainda assim eu tento evitar o quebra-pau, pra não viver o que eu vivi quando era pequena: esse terror entre pai e mãe. E a gente já teve momentos muito fortes de terror, que foi quando nós nos separamos. Ainda agradeço a Deus que ele mora do lado de casa, que gosta das crianças e que ele é uma pessoa honesta. Olho a metade do copo cheio, mas é muito frustrante que você teve filhos com uma pessoa que não te respeita, que não tem empatia por você, que não leva em consideração as coisas”, conclui. O surfista ainda não se manifestou sobre o desabafo da ex-mulher.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.