Belo Horizonte entrará em lockdown a partir da segunda-feira (11)

De acordo com a declaração do prefeito de Belo Horizonte - MG, Alexandre Kalil, a cidade deve permanecer em lockdown a partir da segunda-feira (11).

1

O lockdown (bloqueio total) da cidade de Belo Horizonte, interior de Minas Gerais, é o novo decreto do prefeito, que teve como base o número de infectados pelo novo coronavírus na cidade. De acordo com Kalil, a região chegou ao “limite da Covid-19” e após se reunir com governantes, foi orientando a manter a cidade em lockdown. O decreto, então publicado na sexta-feira (8), entrará em vigor na segunda-feira (11). 

Covid-19 em Belo Horizonte

Na terça-feira (5), o uso das UTIs ocupadas por pacientes com Covid-19 bateu um novo recorde em Belo Horizonte, com cerca de 83,5% dos leitos ocupados. No mesmo dia, um boletim foi emitido, marcando 1,9 mil mortes por coronavírus na cidade, com 65.141 casos confirmados, sendo 3.406 em acompanhamento e 59.834 curados.

Perfil das vítimas

Como segue em todas as regiões, o perfil da maior parte das vítimas do novo coronavírus em Belo Horizonte tem como maior característica idosos e pessoas com ao menos uma comorbidade, sendo doenças cardíacas, diabetes, pneumonia e obesidade as doenças que prevalecem entre as vítimas.

O que permanecerá aberto em Belo Horizonte durante o novo lockdown

De acordo com o prefeito de BH, ficarão abertos os comércios essenciais, zoológicos e praças públicas. Porém, os frequentadores devem se atentar ao uso de máscaras, distanciamento social e higienização das mãos. É importante não sair de casa ao menor sinal da doença. 

Em entrevista, Kalil diz: “Me desculpem, mas governar não é agradar. Em reunião fui orientado. Com exceção das praças e zoológico, a cidade permanecerá apenas com serviços essenciais abertos”.

Todavia, Kalil diz que, como consequência das reuniões de Natal e Ano Novo, há famílias inteiras internadas com a doença. 

O novo lockdown em Belo Horizonte é mais uma tentativa emergencial de frear a contaminação pelo novo coronavírus na cidade. Além de comércios fechados, entradas e saídas da cidade também devem fechar, voltando assim para a fase zero de flexibilização. 

Ainda não há data prevista para o fim desse lockdown. Contudo, o fim dessa fase deve estar de acordo com a redução da contaminação na cidade. 

Imagem: Dário do Comércio

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Os dados continuarão sendo constantemente monitorados, assim, avaliando sempre a possibilidade de mudança. Todavia, como os números não são previsíveis, não é possível definir o fim do lockdown em Belo Horizonte. […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.