Júlio Cocielo (Youtuber) é réu por racismo em rede social

MP acusou influenciador digital por postagens feitas durante 6 anos. Saiba mais!

0

Júlio Cocielo – youtuber e influenciador digital – é réu acusado de racismo. No caso, por postagem feitas em redes sociais. Os posts racistas são de 2 de novembro de 2011 a  30 de junho de 2018.

Entenda o caso!

MP denuncia Júlio Cocielo: racismo

A denúncia é do Ministério Público de SP. No caso, aceita em 8 de setembro e pela juíza Cecilia Pinheiro da Fonseca.

A maioria das postagens de racismo de Júlio Cocielo é da rede social Twitter.

Vale destacar que o crime de racismo é imprescritível. Além disso, prevê pena de 2 a 5 anos de prisão.

Assim, o comentário de maior repercussão foi feito em junho 2018. Na ocasião o youtuber disse que Kylian Mbappé ( jogador de futebol francês) “conseguiria fazer arrastões top na praia”.

Diversos seguidores criticaram Júlio Cocielo. Assim, para não perder seguidores, o youtuber gravou vídeo de desculpas. Assista aqui.

Por outro lado, o youtuber tenta se justificar no vídeo. Por exemplo, ele fala que disse sem pensar e de que não é racista. No entanto, denúncia do MP segue.

Outros posts de Júlio se referem a pessoas como “macaca”. Além disso, que o crime de racismo é “frescura”. Ainda, que a solução para o Brasil é “exterminar os negros”.

racismo 3

Júlio Cocielo, entretanto, ainda não tem advogado constituído no processo. Dessa forma, ele terá o prazo de 10 dias para apresentar defesa e testemunhas.

O G1 publicou que tentou falar com o acusado, porém, não teve retorno. Júlio Cocielo foi contato por celular e e-mail.

racismo 4

Promotora entende que foi crime de racismo

Para a promotora do caso, os comentários de Júlio Cocielo “reforçam os estereótipos contra os negros numa mídia de largo alcance. Sua atividade profissional e sua fonte de renda. Assim, contribuindo de modo eficaz para a incitação e proliferação do racismo. E de todas as suas consequências psíquicas, sociais, culturais, econômicas e políticas”. 

Júlio Cocielo pede desculpas, mas segue acusado e indiciado
Júlio Cocielo pede desculpas, mas segue acusado e indiciado

 

Com informações do G1

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.