Jovem negro com deficiência intelectual é solto depois de vítima mudar depoimento

Marcos Vinícius Souza dos Santos ficou mais de 20 dias detido em dois presídios, na capital e na Grande São Paulo

1

A liberdade para um jovem negro, de 19 anos, com deficiência intelectual, chegou nesta quinta-feira (25). Ele estava preso acusado de ter feito um assalto à mão armada, mas acabou solto pela Justiça após a vítima que o acusou mudar o depoimento, e o inocentar.

Leia também: Covid-19: culto em igreja com mais de duas mil é interditado em Curitiba

Marcos Vinícius Souza dos Santos ficou mais de 20 dias detido em dois presídios, na capital e na Grande São Paulo. Ele só saiu porque a suposta vítima disse que não tinha certeza se foi realmente ele que cometeu o crime.

O jovem foi preso pela Polícia Militar (PM), no último dia 04, sob a suspeita de que usou uma pistola para assaltar um motorista de aplicativo por celular naquele dia. Além dele, outros dois adolescentes, com armas de brinquedo, também foram detidos na ocasião, suspeitos pelo roubo.

Chegando na delegacia, o motorista reconheceu os três jovens como os assaltantes que roubaram seu relógio, R$ 20 e uma aliança, bens que não foram recuperados – as armas usadas no crime não foram localizadas.

Liberdade do jovem

Na última segunda-feira (22), o Ministério Público (MP) pediu para a Justiça soltar Marcos depois que a vítima do roubo deu outro depoimento e voltou atrás no reconhecimento que havia feito dele, dizendo que não tinha mais convicção se o jovem o assaltou.

Por conta do depoimento e do pedido do MP, a 3ª Vara Criminal de Diadema revogou a prisão preventiva e Marcos deixou o Centro de Detenção Provisória (CDP).

De acordo com as informações, os outros dois jovens suspeitos do roubo são menores de 18 anos e estão internados numa das unidades da Fundação Casa, onde cumprem medidas socioeducativas.

Marcos ainda responderá pelo crime 

Mesmo tendo sido solto, Marcos vai continuar respondendo ao processo pelo assalto. Isso porque ele foi indiciado pela Polícia Civil pelo roubo. Além disso, o Ministério Público o denunciou pelo crime e a Justiça concordou, o tornando réu no processo.

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Instagram para acompanhar todas as notícias!

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Leia também: Jovem negro com deficiência intelectual é solto depois de vítima mudar depoimento […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.