Jovem não reage a assalto em supermercado e mesmo assim é morto; veja o vídeo

Segundo os funcionários e também as testemunhas que presenciaram a ação, o jovem, se quer reagiu ao assalto

4

Cenas fortes e revoltantes foram registradas em um supermercado de Belo Horizonte (MG). A primeira semana de trabalho de um jovem de 19 anos foi interrompida após um assalto no local. Ele foi baleado e morreu na noite de ontem, terça-feira (22).

Leia também: Juiz humilha mãe em audiência e diz: ‘se não tem como cuidar, então dá para adoção

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), os suspeitos se passaram por clientes e, ao chegarem ao caixa do jovem, anunciaram o assalto. Segundo os policiais, o rapaz ficou assustado, não conseguiu abrir a gaveta em que estava o dinheiro e acabou sendo atingido à queima roupa.

A ação dos bandidos causa revolta e foram registradas pelas câmeras de circuito interno do supermercado. Nas imagens, é possível ver dois suspeitos que, segundo a polícia, têm 17 e 18 anos.

Depois do crime, ambos fugiram do local com dinheiro roubado – a polícia ainda descobriu um terceiro envolvido, um homem de 29 anos que teria fornecido a arma para o menor em troca de três motos roubadas.

Segundo os funcionários e testemunhas que presenciaram a ação, o jovem, se quer reagiu ao assalto. Ele foi levado pela PM ao Hospital Risoleta Neves em BH, mas, devido a gravidade do ocorrido, não resistiu aos ferimentos e morreu.

Polícia encontra os suspeitos

De acordo com a PM, os suspeitos foram encontrados na casa do homem de 29 anos, que forneceu a arma, e confessaram o crime. Todavia, o rapaz de 18 anos, acusado de ter sido quem atirou, negou que tenha feito isso.

As imagens do circuito interno, assim como a arma do crime, foram apreendidas. A perícia também foi acionada e a Polícia Civil investiga o caso. De acordo com a PM, o crime que os suspeitos cometeram foi o latrocínio, o roubo seguido de morte.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.