Japão despejará no mar água contaminada da usina de Fukushima

1

O Japão anunciou que nos próximos anos a água contaminada armazenada na usina nuclear de Fukushima será despejada no mar do Oceano Pacífico. O tsunami de 10 anos atrás causou o derretimento parcial de três dos seis reatores da usina. Desde então, a Tokyo Electric Power Co. (Tepco), empresa de energia que administra a usina, acumulou mais de um milhão de toneladas de água radioativa em mais de mil grandes cisternas – a água era usada para resfriar os reatores.

Usina de Fukushima, no Japão
Tanques de armazenamento de água radioativa nos arredores da usina nuclear de Fukushima, no Japão (Reprodução: YouTube)

A companhia já havia comunicado que até 2022 não haverá mais espaço nos tanques para conter toda a água utilizada no desmonte da usina. Por isso, há anos se fala em soluções possíveis.

O governo japonês avaliou que dispersar a água contaminada no mar é a melhor escolha, depois da remoção muitos dos elementos radioativos. O único elemento que não pode ser completamente removido é o trítio, um isótopo radioativo do hidrogênio. O trítio é relativamente pouco perigoso para a saúde humana e está naturalmente presente na água do mar e na atmosfera.

Ambientalistas são contra o plano do Japão

Contudo, a decisão tem sido bastante contestada por ambientalistas e também por países vizinhos ao Japão, como China e Coreia do Sul. Essas nações asiáticas consideram a água de Fukushima extremamente perigosa tanto para a saúde quanto para a economia ligada à pesca. Em vez disso, os Estados Unidos apoiaram o governo japonês e argumentaram que a decisão foi tomada de maneira “transparente”.

O governo japonês disse que o trabalho para colocar água no mar começará dentro de dois anos e levará pelo menos mais dez para ser concluído.

Leia também: Coreia do Norte testa dois mísseis balísticos no mar do Japão

 

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Leia mais: Japão despejará no mar água contaminada da usina de Fukushima […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.