Investir em dólar e ouro pode ser uma boa para 2021?

1

O ano de 2021 pode ser o ano da recuperação ou do marasmo novamente. Depois de 2020, qualquer coisa parece ser boa. Sem grandes expectativas ou certezas, será que investir em dólar e ouro pode ser uma boa para 2021?

Porque investir em Dólar?

O dólar em 2020 vem se valorizando quase 30%. É bastante coisa. Mesmo com a depreciação da moeda americana agora no final de 2020, a cotação da mesma subiu muito em frente ao real ao longo do ano.

Inclusive, o dólar chegou a beirar os R$ 6,00. Observando isso, existe sim a possibilidade que o dólar volte próximo dos R$ 6,00 ou até ultrapasse tal cotação.

Um cenário onde isso pode acontecer está vinculado a uma eventual crise da área fiscal brasileira.

Caso a dívida pública aumente e nenhuma reforma for realizada, sem indícios de retomada econômica ou aumento significativo do PIB, nós teremos problemas com relação ao dólar e a inflação.

Se os dois indicadores aumentarem, é possível que ambos se “retroalimentem”. O aumento da taxa Selic seria uma solução para amenizar os danos, mas isso aconteceria a custo de aumentar os encargos da dívida.

O Brasil não poderá surfar na recuperação da economia mundial sem que haja algum comprometimento maior na parte fiscal.

Porque investir em Ouro?

O ouro é outro ativo que se valorizou muito em 2020. Quando crises de forte impacto, como a pandemia da COVID-19 assolam o mundo, ativos como o ouro têm a tendência de se valorizar.

O ouro em 2020 ganhou aproximadamente 58%. Vale destacar que o ouro além da própria cotação, acaba se beneficiando da volatilidade do dólar.

O ouro sofre influências do dólar. Como em 2020 houve valorização do dólar, o ouro acabou incorporando tais ganhos e somando junto ao seu próprio preço (que já estava em alta).

O interessante é manter parte do portfólio aplicado em ouro e dólar. Além dos ativos, o Bitcoin também é uma boa.  Para manter os 3 ativos em carteira, não aplique nada mais do que 5% do patrimônio. De repente uma composição de 2% em dólar, 2% em ouro e 1% em Bitcoin pode ser uma boa.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.