Internautas comentam aumento do salário mínimo para R$1.100

Governo editou uma Medida Provisória (MP) que aumenta esse salário para R$1.100. Mas não há um ganho real nesse montante

1

Logo depois que o Governo Federal decretou o aumento do salário mínimo para R$1.100 internautas comentaram a decisão. Parte aplaudiu a decisão do governo e outra parte decidiu criticar esse ato.

O próprio presidente Jair Bolsonaro comentou o aumento. “Assinarei ainda hoje MP que eleva o salário mínimo para R$ 1.100,00 (mil e cem reais). Dessa forma, é a partir de 1º de janeiro de 2021. É um aumento de 5,26% em relação ao valor atual (R$ 1.045)”, disse o presidente ainda na noite da quarta-feira (30).

A presidente do PT, Gleise Hoffman, discordou da visão de Bolsonaro. “O salário mínimo de 1.100 divulgado por Bolsonaro não tem aumento real, como ele disse, apenas a expectativa da inflação, que é esperada em 5,26%”, disse a deputada federal.

Quem também comentou o anúncio foi o presidente do PDT, Carlos Lupi. “Quando fui Ministro do Trabalho e Emprego, aumentava portanto o salário mínimo acima da inflação e bati recorde na geração de empregos. Bolsonaro, profeta da ignorância, só faz o contrário. Estão aí os resultados. Feliz Ano Novo!”, ironizou Lupi. Aliás, o PDT também é um partido de oposição. 

“Daqui a uns meses quando a bomba estourar voltam portanto correndo pra dizer que o Governo gastou mais do que podia e quebrou a nação e ‘bla bla bla'”, disse o internauta Decio Martins ao apoiar o presidente Jair Bolsonaro no Twitter.

Salário mínimo

A primeira proposta do governo era ainda menor do que essa. A proposta inicial do era que o salário subiria de R$1.045 para R$1.088. Isso era o que estava na decisão. Mas de último hora o governo aumentou esse valor.

Seja como for, essa proposta nova não tem aumento real. O Governo leva em conta apenas a inflação. Dessa forma, os especialistas afirmam que no final das contas o trabalhador vai perder poder de compra. Mas e você? O que achou do aumento?

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.