Influenciador Bruno Krupp já foi acusado de estelionato e estupro, afirma colunista

O modelo atropletou e matou um jovem de 16 anos de idade

0

Bruno Krupp está internado no Hospital Municipal Lourenço Jorge, no Rio de Janeiro, após atropelar e matar um jovem de 16 anos de idade. De acordo com a exclusiva da colunista Fábia Oliveira, nesta terça-feira (2), esse, no entanto, não seria o único crime do rapaz.

Anitta visita terreiro de candomblé e recebe benção do pai de santo

Em julho deste ano, uma jovem de 21 anos prestou um boletim de ocorrência contra Bruno na Delegacia de Atendimento à Mulher por estupro. Segundo relato, ela fez sexo com o modelo sem seu consentimento e, mesmo com negativas, Bruno continuou o ato. O caso segue sob investigação.

Em abril de 2021, Bruno já havia sido denunciado por estelionato. Na ocasião, o gerente do Hotel Nacional diz que Bruno fazia parte do seguinte esquema: ele prometia aos hóspedes diárias com preços inferiores e, em troca, eles deveriam depositar o valor em sua conta. Na sequência, Bruno fazia reservas usando cartões de crédito clonados que, em sua maioria, eram recusados.

As compras fraudulentas ultrapassaram o valor de R$428 mil.

Entenda o acidente

O influenciador Bruno Krupp, conhecido como ex-namorado de Sarah Poncio, é acusado de atropelar e matar um adolescente no Rio de Janeiro. De acordo com a exclusiva do Instagram @CasoFamilia, o acidente ocorreu no último domingo (31), por volta das 23h no bairro da Barra da Tijuca.

O adolescente, chamado João Gabriel, atravessava com a mãe fora da faixa de pedestres quando foi atropelado pelo modelo, que dirigia uma moto em alta velocidade. O jovem perdeu uma perna, foi levado às pressas ao Hospital Municipal Lourenço Jorge, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Segundo um familiar próximo a Krupp, ele estava em uma moto sem placa e encontra-se internado, na mesma unidade, com suspeita de uma fratura na coluna. No momento do acidente, o modelo conseguia apenas mexer as mãos. Bruno saiu da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na última segunda-feira (1) e ainda passa por outros exames.

O influencer é investigado pela 16ª DP por “homicídio culposo”, apesar de dirigir a moto sem licença e sem placa.

 

Veja também: Justiça nega devolução de carros de luxo de Deolane Bezerra

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.