Inflação medida por índice de reajustes de aluguel chega a 21,97% em 2020

Em novembro, a alta registrada ficou em 3,28%

1

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado para reajustes de contratos de aluguel do Brasil, subiu 3,28% em novembro. A variação do índice superou a registrada em outubro deste ano, quando a taxa ficou em 3,23%. Com o resultado deste mês, a inflação medida pelo IGP-M acumula expressiva alta de 21,97% em 2020. Aliás, o resultado é ainda superior nos últimos 12 meses, chegando a 24,52%. 

A saber, em 2019, o índice havia atingido uma variação muito inferior à registrada neste ano, de 0,30%. E, em 12 meses, o avanço acumulado da inflação chegava a apenas 3,97%. Em resumo, a Fundação Getúlio Vargas (FGV), responsável pelo levantamento, divulgou as informações nesta sexta-feira, dia 27. 

“O avanço nos preços de commodities agropecuárias importantes consolidam o IPA como índice a contribuir para o avanço da taxa do IGP. Nesta edição, destacaram-se milho (10,95% para 21,85%), trigo (2,32% para 19,20%) e bovinos (6,92% para 7,40%)”, explicou o coordenador dos índices de preços da FGV, André Braz. 

 

Avanço do Índice de Preços ao Produtor Amplo puxa IGP 

De acordo com o levantamento, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) subiu 4,26% em novembro, ante 4,15% em outubro. Em resumo, o grupo bens finais passou de 2,84% para 2,74%, influenciado pelo recuo de 1,81% para -1,85% do subgrupo combustíveis para o consumo. 

Por outro lado, a taxa do grupo bens intermediários avançou de 3,74% para 4,07%. O destaque ficou com o subgrupo combustíveis e lubrificantes para a produção, que subiu de -2,79%, em outubro, para 2,37%, neste mês. Da mesma forma, o estágio das matérias-primas brutas passou de 5,55% para 5,60%. Neste caso, milho em grão (10,95% para 21,85%), café em grão (-8,29% para 2,13%) e algodão em caroço (9,70% para 19,65%) contribuíram para a alta do grupo. 

 

LEIA MAIS

Desemprego no 3º trimestre de 2020 é o maior da série histórica, aponta IBGE

 

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Inflação medida por índice de reajustes de aluguel chega a 21,97% em 2020 […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.