Indústria do Rio de Janeiro recupera 51% dos postos de trabalho perdidos na pandemia

O resultado se refere aos meses de julho a novembro deste ano, quando comparados ao período de março a junho

3

A indústria do estado do Rio de Janeiro apresentou uma forte recuperação, segundo a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). De julho a novembro deste ano, a indústria fluminense recuperou 51% dos empregos perdidos durante a pandemia da Covid-19, de março a junho. A Firjan divulgou o levantamento nesta segunda-feira, dia 28, por meio da plataforma Retratos Regionais.

Em suma, a pesquisa revela que o setor industrial recuperou mais de 18 mil vagas de julho a novembro deste ano. A saber, este valor corresponde a 51% dos 36.010 postos de trabalho perdidos de março a junho por conta da Covid-19. Aliás, o setor industrial contempla a indústria de transformação, extrativa, construção e os serviços industriais de utilidade pública.

O levantamento informou que novembro foi o quinto mês seguido de resultado positivo em relação às contratações

 

Ritmo de contratações continua alto em novembro

De acordo com a Firjan, o saldo de contratações em novembro continuou positivo. Em resumo, este foi o quinto mês seguido com variação positiva (+3.286) em relação aos novos postos de trabalho com carteira assinada.

Em síntese, o levantamento mostrou que a construção civil figurou como o destaque de novembro, com a abertura de 891 novas vagas. Na sequência, vieram os setores de confecção de artigos do vestuário e acessórios (+520), manutenção reparação e instalação de máquinas e equipamentos (+462) e fabricação de produtos alimentícios (+347). Já o comércio recuperou, de julho a novembro deste ano, 67% das vagas perdidas entre março e junho. O resultado é muito superior ao registrado pelo setor de serviços (8%), cuja retomada das contratações começou apenas em setembro.

 

Por fim, na análise geral, todas as regiões do estado do Rio de Janeiro apresentaram saldo positivo de contratações em novembro quando considerados todos os setores econômicos.

 

LEIA MAIS

Gasolina e diesel ficam mais caros nas refinarias a partir de amanhã (29)

Mercado financeiro projeta inflação pelo IPCA para 2020 em 4,39%

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.