Índice de Confiança da Indústria sobe em dezembro, diz prévia da FGV

Com a confirmação da alta de 1,5 ponto, o indicador irá alcançar o maior valor desde junho de 2010

1

A prévia da Sondagem Industrial de dezembro indica um aumento de 1,5 ponto no Índice de Confiança da Indústria (ICI), na comparação com novembro deste ano. Dessa forma, o indicador sobe para 114,6 pontos. Caso haja confirmação do resultado, este será o maior valor do ICI desde junho de 2010, quando o índice chegou a 114,6 pontos. A Fundação Getúlio Vargas (FGV), responsável pelo levantamento, divulgou as informações nesta sexta-feira, dia 18.

Em resumo, a alta ocorre graças à alta do Índice de Situação Atual (ISA), cuja projeção indica aumento de 1,6 ponto. Assim, o índice chega a 119,8 pontos, maior nível desde outubro de 2007, quando o indicador atingiu os 119,9 pontos. Ao mesmo tempo, o Índice de Expectativas (IE) também deve apresentar uma variação positiva, subindo 1,4 ponto em novembro. Assim, deve chegar aos 109,3 pontos. 

Por outro lado, o levantamento da FGV estima queda de 0,6 ponto percentual (p.p.) do Nível de Utilização da Capacidade Instalada da Indústria (NUCI). Com isso, o nível deve recuar para 79,1%. Contudo, o resultado da média móvel trimestral iria avançar pelo sexto mês seguido, subindo levemente de 79,2% para 79,5%. 

 

Veja mais detalhes do ICI 

De acordo com a FGV, a alta em dois dos três índices que compõem o ICI conseguiu superar a queda registrada pelo NUCI. As estimativas apontam que a indústria ainda acredita num avanço no presente. Entretanto, com o aumento nas infecções e mortes pela Covid-19, acredita-se que os setores econômicos irão sofrer novamente com as medidas de distanciamento social. Aliás, isso irá prejudicar a retomada econômica de setores já atingidos pela pandemia. E, pelos noticiários, os impactos negativos da Covid-19 estão cada vez mais fortes e generalizados. 

 

Por fim, o ICI de novembro subiu 1,9 ponto, alcançando 113,1 pontos. Com o resultado, o índice avançou até o maior nível desde outubro de 2010, quando atingiu 113,6 pontos. 

 

LEIA MAIS

Senador propõe que INSS passe a aceitar atestados médicos particulares

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.