Índice de Confiança da Indústria alcança o maior nível dos últimos nove anos

O indicador apresentou alta de 4,0 pontos em outubro

3

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) teve alta de 4,0 pontos em outubro, segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV). As informações são da prévia da Sondagem da Indústria. Caso haja confirmação do acréscimo, o indicador chegará a 110,7 pontos. Dessa forma, esse será o maior nível alcançado desde abril de 2011, quando atingiu 111,6 pontos. 

Em setembro, o índice ficou em 106,7 pontos. À época, a subida foi ainda mais expressiva, de 8 pontos em comparação com o mês anterior. Aliás, o nível de setembro havia sido o mais alto desde janeiro de 2013. 

 

Entenda a alta do índice 

De acordo com a FGV, o aumento da confiança em outubro é consequência do otimismo dos empresários em relação ao presente. Ou seja, há avaliações mais positivas sobre a retomada econômica no país. 

Além disso, o Índice de Expectativas (IE), que alcançou 105,9 pontos em setembro, avançou 2,2 pontos na prévia de outubro. A saber, o nível atingido no mês passado foi o maior desde abril de 2013, quando chegou aos 107,2 pontos. Já o Índice de Situação Atual teve uma alta de 5,9 pontos, alcançando, assim, 113,2 pontos. 

Outros dados trazidos pela prévia da sondagem são em relação ao Nível de Utilização da Capacidade Instalada da Indústria (NUCI), que cresceu 1,7 ponto percentual (p.p.). Dessa maneira, o indicador chegou a 79,9%. Esse é o patamar mais alto registrado pela pesquisa desde novembro de 2014, quando o índice ficou em 80,3%. Caso haja confirmação desta previsão, o NUCI irá alcançar o nível médio observado entre janeiro de 2001 e fevereiro de 2020, que é justamente de 79,9%. Aliás, isso acontecerá depois de o indicador passar 70 meses em patamar abaixo deste nível.

 

LEIA MAIS

Decreto qualifica linha de metrô de Belo Horizonte em programa de privatizações

Brasil assina acordo para investimento de até US$ 1 bilhão com banco americano

3 Comentários
  1. […] Índice de Confiança da Indústria alcança o maior nível dos últimos nove anos […]

  2. […] Índice de Confiança da Indústria alcança o maior nível dos últimos nove anos […]

  3. […] A Indústria vai realizar mais contratos temporários do que os setores de comércio e serviços. Pelo menos essa é a projeção da Associação Brasileira de Trabalho Temporário. De acordo com essa projeção, os trabalhadores precisam se preparar para as oportunidades. […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.