Independiente volta atrás, aceita empréstimo e Vasco fica perto de Benítez

Clube argentino cede e Vasco fica à poucos passos de contar com seu camisa 10 novamente

0

A novela que já parecia encerrada ganhou um novo capítulo na última segunda-feira (5), e pode terminar em um final feliz para o Vasco. A negociação com o Independiente por Benítez teve uma reviravolta e o clube argentino concordou em prorrogar o empréstimo do meia pelo menos até o fim do Campeonato Brasileiro, em fevereiro.

Benítez, de 26 anos, chegou ao Vasco em fevereiro e tornou-se um dos grandes destaques da equipe após a retomada do futebol no Brasil. Foram 26 partidas e dois gols marcados. Como até a semana passada o Independiente não admitia um novo empréstimo, o Vasco comunicou no último dia 24 que Benítez voltaria ao clube de origem – o contrato terminou em 31 de dezembro e estabelecia que 60% dos direitos deveriam ser comprados por US$ 4 milhões (R$ 20,5 milhões).

Foto: Rafael Ribeiro / Vasco

No início da tarde desta segunda-feira, Alexandre Pássaro, durante sua apresentação como novo executivo de futebol do clube, admitiu que ainda tentava a prorrogação do empréstimo:

– É um jogador que agrada ao Vasco, a mim e à nova comissão técnica. As referências são as melhores. Sei da situação, sei do empréstimo e sei da opção de compra. Então, ele saiu do Vasco. Se existir qualquer possibilidade agora, será a prorrogação do empréstimo para ele terminar a temporada aqui, e, com isso, a gente ganha tempo para se preparar para fevereiro, seria importante. Vamos ver com o Independiente. O Benítez tem interesse.

Ainda de acordo com Pássaro, o único lugar possível para Benítez atuar agora é o Vasco.

– A janela na Argentina só reabre, para que ele possa ser registrado, no dia 29 de janeiro. Aqui no Brasil, as inscrições estão encerradas. Há uma possibilidade desde que a volta do nome dele no BID apareça em até 15 dias. Nosso interesse é quase que imediato, afinal, temos um jogo atrás do outro, então, se isso for ocorrer, tem de ocorrer nos próximos sete ou 10 dias, no máximo – disse Pássaro.

O time do Independence sempre afirmou ter outras propostas para os meio-campistas da Turquia, Brasil e Estados Unidos. Contudo, nada foi adiante. A prorrogação do empréstimo tem sido uma posição defendida por Jorge Salgado, presidente eleito do Vasco.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.