Imobiliária da Califórnia começa aceitar pagamento com Bitcoin

1

Imobiliária da Califórnia começa aceitar pagamento com Bitcoin e Elon Musk é inquilino da mesma. O dono da Tesla é um dos principais propulsores da criptomoeda e já realizou compras milionárias. O mesmo afirma também que a empresa dele deve começar a aceitar as moedas digitais como meio de pagamento dos carros elétricos. 

“Este é um anúncio realmente empolgante que estamos fazendo. Em primeiro lugar, acreditamos que a criptomoeda veio para ficar. Acreditamos que o Bitcoin é o investimento certo para nós”, disse Caruso em um comunicado à imprensa. “Atribuímos ao Bitcoin uma porcentagem que normalmente entraria nos mercados de capitais.”

O Bitcoin não consegue ser rastreado pelo governo. Dessa forma, as empresas conseguem comprar inúmeros deles e deixar guardado para a compra de produtos ou itens. Muitos hotéis nos Estados Unidos também pensam em começar a aceitar como forma de pagamento: está se tornando cada vez mais comum e é menos provável que essa “bolha” esteja perto de estourar. 

Leia mais: Bitcoin só vai continuar se os governos permitirem, diz economista da Allianz

Elon Musk e o Bitcoin

O dono afirmou que ainda não falou sobre a ideia com Musk mas tem quase certeza que ele será o primeiro a pagar desta forma. Somente em um mês, ele havia comprado US $ 1,5 bilhão e após vender algumas partes, teve lucros consideráveis que trouxeram como consequência uma queda dos valores. 

A imobiliária tem bastante nome de mercado e possui imóveis de 5 estrelas por todo o país. O executivo ainda é listado na lista de bilionários da Forbes e possui muitos imóveis de renome que foram alugados para pessoas de grande nome na sociedade. 

Caruso conta, atualmente, com mais de 350 propriedades na Califórnia. “Você pode usar essa criptomoeda na blockchain e depois gastar em nossas propriedades. Faça check-in em nosso resort. Quando você mora conosco, pague seu aluguel com Bitcoin. Nós criamos todo este ecossistema”, disse em uma entrevista à CNBC.

Após tentar superar a faixa de U$ 60 mil, a criptomoeda passou a apresentar algumas quedas e, atualmente, após permanecer estagnado, começou a cair e está em R$ 320 mil.

Leia mais: Mineração de bitcoin na China é um problema para o meio ambiente

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Imobiliária da Califórnia começa aceitar pagamento com Bitcoin […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.