Ibrahimovic nega acusações sobre racismo!

0

O atacante do Milan (Ibrahimovic) foi acusado de racismo e intolerância religiosa nas redes sociais depois de contar a Lukaku a seguinte provocação no final da primeira metade do clássico:

– Vá para o seu vodu de merd… vá para o seu vodu merd…. Seu burro!

Ibra se referiu a um episódio na carreira de Lukaku ocorrido em janeiro de 2018.

Naquela época, Farhad Moshiri, dono do Everton, ex-atacante belga do clube, alegou que o jogador havia rejeitado as propostas de renovação do time após seguir orientações de sua mãe.

Que por sua vez, ouviu uma mensagem vodu, uma religião de origem africana.

Ibrahimovic nega acusações sobre racismo pelo twitter

Lukaku mudou-se para o Manchester United em meados de 2017. O atacante é filho de pais congoleses. Mais tarde, o jogador disse à BBC que ele é católico, que não seguia o vodu e que processaria Farhad Moshiri.

Ibrahimovic usou a rede social twitter para se explicar sobre as acusações de racismo:

“No mundo do ZLATAN não há lugar para o RACISMO. Somos todos da mesma raça – somos todos iguais!! Somos todos JOGADORES, alguns melhores do que outros.”

Ainda nesta quarta-feira, o meia Pogba postou mensagem de apoio a Ibrahimovic no Twitter. Além do ex-parceiro do sueco no Manchester United, o francês é comandado pelo mesmo empresário: Mino Raiola.

“Zlatan. racista? Ele me ama tanto, então ele é a última pessoa que eu consideraria um racista!…Não brinque com ele!” – defendeu Ibrahimovic sobre o racismo pelo Pogba no Twitter.

Lukaku e Ibrahimovic receberam cartões amarelos pelo argumento e por tudo que aconteceu sobre o racismo. O sueco seria expulso na segunda fase e o Inter venceu por 2-1 no prolongamento.

O atacante do Inter ainda não comentou o episódio. O técnico do Milan, Stefano Pioli, disse que Ibra se desculpou depois. Mas pelo cartão vermelho sofreu.

Depois do jogo onde aconteceu o susposto ataque de racismo pelo Ibrahimovic, o rival do Inter de Milão na semifinal da Copa da Itália deixa o jogo desta quarta-feira entre Juventus x SPAL, às 16h45 (horário de Brasília).

Os outros dois jogos das quartas-de-final são Atalanta x Lazio, também na quarta-feira, e Napoli x Spezia, na quinta-feira.

Pogba desmente notícia de que iria deixar seleção francesa

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.